Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel realiza novos bombardeios na Faixa de Gaza após queda de foguete

Aviação israelense atacou instalações subterrâneas em Gaza. Foguete disparado de Gaza caiu em cidade israelense sem causar vítimas.
France Presse

Aviões de guerra israelenses realizaram novos ataques na madrugada desta segunda-feira (19) na Faixa de Gaza, onde a tensão foi reduzida, mas sem dissipar todo o fantasma de um novo confronto.

A aviação israelense atacou instalações subterrâneas no sul do território do movimento palestino Hamas, afirmou em um comunicado.

Israel respondeu assim ao disparo de um foguete lançado no domingo à noite a partir da Faixa de Gaza - o segundo em 24 horas - e que caiu sem causar vítimas nas proximidades de Sderot, cidade israelense perto do enclave palestino.

O exército de Israel manteve sua política de resposta sistemática a qualquer intervenção hostil a partir dos territórios palestinos, onde travou três guerras contra o Hamas e grupos armados palestinos aliados desde 2008.

Israel usará "todos os meios à sua disposição" para garantir a segurança d…

Grupo terrorista assume responsabilidade por ataque a avião SU-25 russo

O grupo jihadista Tahrir Al-Sham, ligado a um antigo braço da Al-Qaeda na Síria, assumiu a responsabilidade por derrubar um avião de combate russo SU-25 utilizando uma arma antiaérea portátil.


Sputnik

O Tahrir al-Sham fez uma postagem em suas redes sociais citando um comandante encarregado de seus ataques aéreos, dizendo que um dos seus militantes atingiu o SU-25 russo durante uma 'incursão aérea' sobre a cidade de Saraqeb na província noroeste de Idlib.


Foto de 22 de março de 2017 tirada na região da cidade de Maardes, na Síria, mostra rebeldes carregando a bandeira do Tahrir al-Shamn province of Hama, shows rebel fighters walking past an armoured vehicle carrying the flag of the Tahrir al-Sham rebel alliance
Tanque com bandeira e terroristas do grupo Tahrir al-Sham © AFP 2018/ Omar haj kadour

Mais cedo neste sábado (3), o ministério da Defesa russo afirmou em comunicado que dezenas de terroristas foram mortos em ataque na região em que o SU-25 russo foi abatido, na província de Idlib.

"Enquanto patrulhava a zona de redução de conflito, a aeronave russa SU-25 caiu […]. De acordo com informações preliminares, o avião foi atingido por um sistema antiaérea portátil", afirmou o ministério em comunicado, adicionado que o piloto fora morto no solo.

O piloto teria ainda conseguido ejetar do avião antes da queda e pousou em uma área controlada pelo grupo terrorista Frente al-Nusra. O piloto morreu em confronto com os terroristas.

O grupo terrorista Tahrir al-Sham inclui a organização antigamente conhecida como Frente al-Nusra, que servia como braço da Al-Qaeda na região.


Postar um comentário