Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial americano joga culpa para Israel pelo ataque às forças sírias

No domingo (17), a mídia síria relatou ataque ao povoado sírio Al-Harra, província de Deir ez-Zor, na fronteira com o Iraque, supostamente realizado pela coalizão internacional, liderada pelos EUA, tendo como alvo forças governamentais. Porém, um oficial americano culpou Israel pelo ataque.
Sputnik

Anteriormente, uma fonte militar relatou à mídia síria que drones "provavelmente americanos" bombardearam Al-Harra, entre Abu Kamal e Al-Tanf.

Segundo dados das Forças de Mobilização Popular iraquianas, o ataque matou 22 soldados iraquianos. O Observatório Sírio de Direitos Humanos, por sua vez, disse que o número total de vítimas corresponde a 52 pessoas, citado pelo Haaretz.

"Entre [os mortos] estão ao menos 30 militares iraquianos e 16 sírios, incluindo soldados e membros da milícia leal ao governo", afirmou à mídia o chefe do Observatório Sírio, Rami Abdel Rahman.

Comentando a notícia, o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Adrian Rankine-Galloway, descartou que W…

Helicópteros americanos estariam resgatando terroristas do Daesh de prisão síria

Os helicópteros norte-americanos tiraram terroristas do Daesh de uma prisão na cidade síria de Al-Hasakah, informou uma fonte local à Sputnik.


Sputnik

"Habitantes locais viram do telhado helicópteros estadunidenses aterrissando no território de uma prisão local, controlada pelos curdos, para tirar de lá terroristas do Daesh", afirmou a fonte — que preferiu não ser identificada — em Al-Hasakah à Sputnik Árabe.


Helicóptero dos EUA Black Hawk
Helicóptero Black Hawk dos EUA © REUTERS/ Ints Kalnins

Além disso, há informações que os militares norte-americanos estariam trazendo para a prisão várias munições, porque planejam criar no lugar uma base.

Anteriormente, a mídia iraquiana comunicou que helicópteros dos EUA tinham transportado membros do grupo Daesh (proibido na Rússia) da prisão central de Al-Hasakah para sua base perto do povoado Abu Hajar, no leste da Síria.

De acordo com fontes locais, na prisão de Al-Hasakah, muito bem fortificada, estariam encarcerados cerca de 100 terroristas, a maioria de cidadania estrangeira. Especialistas sírios acham que são os mesmos militantes que foram tirados pelos Estados Unidos de Deir ez-Zor.

Em 19 de novembro, os terroristas do Daesh foram expulsos de seu último bastião em Al-Bukamal, na Síria. A libertação da cidade marcou o fim do califado autoproclamado em 2014.

Os EUA foram acusados várias vezes de fornecer vários tipos de assistência ao Daesh e outros grupos terroristas que operam na região.

O recente caso ocorreu no final de dezembro, quando a agência de notícias SANA declarou que os helicópteros dos EUA evacuaram os líderes do Daesh de várias áreas da província síria de Deir ez-Zor ao nordeste do país.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas