Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Expansão da OTAN na Europa é uma 'relíquia da Guerra Fria', diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse em entrevista à imprensa sérvia publicada nesta quarta-feira (horário local) que a Rússia não quer uma nova corrida armamentista.
Sputnik

"Não vamos fechar os olhos ao desdobramento de mísseis de cruzeiro dos EUA [na Europa] e sua ameaça direta à nossa segurança. Teremos que tomar medidas eficazes de retaliação. Mas como país responsável e sensato, a Rússia não está interessada em uma nova corrida armamentista", afirmou.


Segundo o presidente russo, Moscou enviou em dezembro a Washington algumas propostas sobre a manutenção do Tratado INF. Além disso, Putin destacou que a Rússia está pronta para um diálogo sério com os Estados Unidos sobre toda a agenda estratégica.

No entanto, os Estados Unidos parecem ter uma política de "desmantelamento" em relação ao controle global de armas, acrescentou o presidente russo.

Durante a entrevista aos meios de comunicação sérvios, Putin também instou os parceiros ocidentais a estabelecer um …

Israel bombardeia Faixa de Gaza novamente

Aeronaves israelenses bombardearam hoje várias localidades dentro da Faixa de Gaza sem que, por enquanto, se informem vítimas pelo ataque.


Prensa Latina


Gaza - Fontes locais asseguram que os aviões da Força Aérea de Israel realizaram 10 incursões nas primeiras horas de hoje em áreas vizinhas à cidade de Rafah no sul da Faixa.

Resultado de imagem para Israel bombardeia Faixa de Gaza
Força Aérea de Israel bombardeia Faixa de Gaza | Reprodução

De outro lado, e conforme com um porta-voz do exército, o ataque efetuou-se em resposta ao disparo de um foguete a partir de Gaza para uma área do conselho regional de Sha'ar Hanegev, no sul de Israel, no domingo pela noite, o que não provocou nem feridos nem danos materiais.

Segundo o porta-voz, os aviões de combate atacaram uma 'infraestrutura subterrânea em Gaza', sem acrescentar detalhes da ação.

A madrugada do domingo o exército israelense revelou ter atacado a 18 objetivos do movimento palestino Hamas na Faixa de Gaza, a segunda ação desse tipo em Israel em menos de 24 horas.

Por sua vez, Hamas culpou a Tel Aviv da escalada de violência na região.

Seu porta-voz, Fawzi Barhoum, assegurou que 'a ocupação israelense é completamente responsável pelas consequências de sua contínua escalada contra nosso povo'.

Ontem, o Centro Palestino para os Direitos Humanos (PCHR) qualificou como novo crime de guerra o assassinato de dois jovens de Gaza por parte de soldados israelenses.

Nas horas da noite do sábado força israelenses estacionadas ao longo da perto fronteiriça que separa a Faixa de Israel, ao este da cidade de Rafah, dispararam 10 dispositivos de artilharia e abriram fogo de armas automáticas contra quatro menores de idade.

Como consequência, Salem Mohammed Soliman Sabbah, de 17 anos, e Abdullah Ayman Salim Irmeilat, de 15, foram morridos ao sangrar-se sem que possam ser auxiliados. Outros dois jovens foram feridos e internados no hospital Abu Yousif Annajar, em Rafah.

Para o PCHR, o ataque viola o princípio de distinção e necessidade do uso da força militar dado que os menores assassinados e os feridos eram civis desarmados que realizavam nenhum ato que poderia pôr em perigo a vida dos soldados de Tel Aviv.

O Centro recorda que a deterioração da situação humanitária e econômica na Faixa de Gaza, bloqueada por Israel desde 2007, tem frustrado cada vez mais os jovens, lhes fazendo pensar em procurar trabalho em território israelense.

Finalmente, o PCHR reiterou seu chamado à comunidade internacional para que atue imediatamente para deter os crimes israelenses.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas