Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Israel derruba drone iraniano e ataca instalações de Teerã na Síria

As Forças Armadas israelenses informaram neste sábado que derrubaram um drone iraniano e efetuaram ataques contra instalações que Teerã mantém em território sírio.


Sputnik

De acordo com o mesmo comunicado de Tel Aviv, um helicóptero israelense derrubou um drone iraniano depois que o aparelho atravessou as Colinas de Golã, ocupadas por Israel, e em seguida atacou o que o Exército israelense disse que eram alvos iranianos na Síria.


Colinhas de Golã
Colinas de Golã © AFP 2018/ JALAA MAREY

"Um helicóptero de combate interceptou com sucesso um drone iraniano que foi lançado da Síria e entrou no espaço aéreo israelense, em resposta às Forças de Defesa de Israel (IDF) atacaram alvos iranianos na Síria", afirmou a nota.

Como resposta, os sistema de defesa antiaérea da Síria reagiram e efetuaram disparos contra a aeronave israelense. Sirenes de ataque aéreo soaram no nordeste de Israel, na cidade de Beit She'an, e até o momento o Exército israelense não informou se o ataque tinha sido bem sucedido.

Um porta-voz do Exército de Israel informou que um avião do país acabou abatido, mas não resultou em vítimas.

Moradores indicaram muitas explosões na última meia hora e grande atividade aérea nas fronteiras de Israel com a Jordânia e a Síria, de acordo com o jornal israelense Haaretz.

A publicação afirmou ainda que o Exército da Síria e rebeldes do lado sírio das Colinas de Golã estão trocando tiros.

O mesmo porta-voz do Exército israelense destacou que o país "continuará a operar contra as tentativas de infiltrar o espaço aéreo do país e agirá com determinação para evitar qualquer violação da soberania de Israel".


Postar um comentário