Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial americano joga culpa para Israel pelo ataque às forças sírias

No domingo (17), a mídia síria relatou ataque ao povoado sírio Al-Harra, província de Deir ez-Zor, na fronteira com o Iraque, supostamente realizado pela coalizão internacional, liderada pelos EUA, tendo como alvo forças governamentais. Porém, um oficial americano culpou Israel pelo ataque.
Sputnik

Anteriormente, uma fonte militar relatou à mídia síria que drones "provavelmente americanos" bombardearam Al-Harra, entre Abu Kamal e Al-Tanf.

Segundo dados das Forças de Mobilização Popular iraquianas, o ataque matou 22 soldados iraquianos. O Observatório Sírio de Direitos Humanos, por sua vez, disse que o número total de vítimas corresponde a 52 pessoas, citado pelo Haaretz.

"Entre [os mortos] estão ao menos 30 militares iraquianos e 16 sírios, incluindo soldados e membros da milícia leal ao governo", afirmou à mídia o chefe do Observatório Sírio, Rami Abdel Rahman.

Comentando a notícia, o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Adrian Rankine-Galloway, descartou que W…

Israel estima ter destruído cerca de metade da defesa antiaérea síria

Os militares israelenses acreditam ter destruído, em resultado do ataque aéreo de sábado (10), cerca de metade de meios de defesa antiaérea da Síria, comunicou à Sputnik uma fonte próxima dos militares.


Sputnik

"De acordo com nossas estimativas preliminares, cerca de 50% das forças de defesa antiaérea da Síria foram eliminadas. Nós ainda vamos conferir estes números", afirmou o interlocutor da agência.


Militares israelenses durante manobras perto da fronteira com a Síria
Tanque israelense efetuando disparo próximo à fronteira com a Síria © AFP 2018/ Jalaa Marey

Em 10 de fevereiro, a Força Aérea de Israel respondeu à invasão de um drone, reconhecido posteriormente como iraniano, atacando uma base aérea perto da cidade síria de Palmira. Em seguida, após um avião seu ter sido derrubado a partir de terra, os israelenses atacaram um conjunto de alvos na área de Damasco. De acordo com os militares, foram atingidos meios de defesa antiaérea, bem como estruturas "da presença militar iraniana" no país vizinho.

De acordo com Tomer Bar, chefe da Força Aérea de Israel, a operação virou o maior confronto entre os dois países desde 1982, envolvendo a defesa antiaérea síria, e acabou sendo bem-sucedido para os israelenses.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas