Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novo corte na verba do PROSUB preocupa Comando da Marinha do Brasil

O Comandante da Marinha, almirante de esquadra Eduardo Leal Ferreira, está seriamente preocupado com as consequências negativas de um novo e importante corte nos recursos do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), previstos para o orçamento de 2019.
Por Roberto Lopes e Alexandre Galante | Poder Naval

O Programa, cujos termos foram ajustados em 2009, estabelece a produção, no complexo industrial naval de Itaguaí (RJ), de quatro submarinos de ataque convencionais (propulsão diesel-elétrica) da classe Scorpène, e a assistência técnica francesa para a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro.

O primeiro submarino convencional, batizado Riachuelo, deve ser lançado ao mar na manhã da quarta-feira 12 de dezembro.

Em novembro de 2016, reunido com lideranças da Base Industrial de Defesa, em São Paulo, o então ministro da Defesa, Raul Jungmann, estimou o valor total do investimento brasileiro no PROSUB em 30 bilhões de Reais.

O Poder Naval não teve acesso aos valores da reduçã…

Militar do Exército reage a assalto e morre em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro

Assaltantes faziam arrastão na Estrada Rio-São Paulo. Segundo testemunhas, sargento do Exército tinha uma farda no banco de trás do carro.


Por G1 Rio


Um sargento do Exército foi morto, na manhã desta terça-feira (20), após uma tentativa de assalto no Estrada Rio-São Paulo, altura de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Segundo o Batalhão da área, Bruno Cazuca dirigia um carro na via no momento em que bandidos faziam um arrastão. O militar reagiu ao assalto e foi baleado.

Resultado de imagem para Sargento do exército morre ao reagir a assalto na zona oeste do Rio de Janeiro
Sargento do exército morre ao reagir a assalto na zona oeste do Rio de Janeiro | Reprodução

De acordo com testemunhas, dois carros, com cerca de oito bandidos e armados com pistolas, fecharam as ruas e começaram a assaltar os motoristas. Duas vítimas que tiveram os carros roubados disseram que os criminosos desceram e começaram a assaltar todo mundo.

O 2° sargento do Exército, que tinha uma farda no banco de trás do carro, começou uma luta corporal com criminosos e, neste momento, diversos tiros foram ouvidos e o militar caiu no chão.

A polícia apura se os criminosos viram a farda e resolveram executar o militar ou se ele mesmo que reagiu e acabou sendo atacado pelos oito criminosos.

A Polícia Militar está no local e aguarda perícia da Delegacia de Homicídios da Capital. Outros motoristas que passavam pela região também foram assaltados, mas não há mais registros de feridos.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas