Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

Na província síria de Deir ez-Zor são encontrados mísseis da produção israelense

O exército sírio encontrou na província de Deir ez-Zor uma grande quantidade de armas e munições, algumas quais foram produzidas em Israel.


Sputnik

O exército sírio encontrou na província de Deir ez-Zor depósitos com "um grande número de mísseis, granadas de morteiro e projéteis de tanques, alguns de produção israelense". Ademais, os militares descobriram na área canhões, minas e artefatos explosivos fabricados localmente, comunicou a agência estatal síria SANA, citando fontes militares do país.


Resultado de imagem para armas israelenses na siria
Copyright © Prof Michel Chossudovsky, Global Research, 2017

Comunica-se que os depósitos foram identificados nos povoados de Sayal e Hasrat, nas proximidades da cidade de Abu Kemal.

Além disso, a edição informou que dentro de um túnel, situado a leste da cidade de Al-Mayadin, havia uma autêntica fábrica de produção de projéteis e explosivos. As unidades do exército sírio encontraram também barris com uma substância não identificada que provavelmente poderia ser utilizada para produzir substâncias tóxicas.

A província de Deir ez-Zor foi completamente libertada dos combatentes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em vários outros países) em 2017.


Postar um comentário