Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Su-57 russo supera caças de 5ª geração F-22 e F-35 dos EUA, diz piloto militar

O uso de caças F-22 pela Força Aérea dos EUA na Síria privou este modelo de suas vantagens sobre aeronaves russas, segundo a mídia norte-americana. Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, um piloto militar russo comentou a situação.
Sputnik

A utilização de caças norte-americanos F-22 na Síria privou os EUA das vantagens destes caças em relação aos caças russos, escreveu o jornal Military Watch. Segundo Veralinn Jamieson, tenente-general da Força Aérea dos EUA, os céus do Iraque e da Síria se tornaram "armazém de informações" para russos sobre atuação de caças estadunidenses durante operações.

Segundo o autor do artigo, os russos tiveram bastante tempo para analisar e testar a tecnologia de furtividade dos F-22, além de terem coletado dados sobre o uso da aeronave e encontrado meios de combatê-la. Além disso, a Rússia poderá usar essas tecnologias na fabricação de suas aeronaves.

O artigo enfatiza que os radares dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 e S-400 da Rússia …

OTAN apoia aumento da presença militar dos EUA na Europa

A OTAN apoia o aumento da presença militar norte-americana na Europa, pois isso motiva os aliados europeus a empreender mais esforços na área de defesa, disse o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltemberg.


Sputnik

"Saudamos os planos da continuada ampliação da presença militar americana na Europa, tanto e forma de contingente, quanto em forma de exercícios e equipamentos. Esse será um fator que contribuirá para os europeus fazerem mais", disse Stoltemberg.


Logo da OTAN (foto de arquivo)
Logo da OTAN © AFP 2018/ Paul J. Richards

Jens Stoltemberg destacou que a ampliação da presença militar norte-americana acontece em paralelo com a ampliação das capacidades de defesa dos países europeus.


Postar um comentário