Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Pentágono confirma que vai transferir tropas do Iraque ao Afeganistão

Os Estados Unidos vão transferir tropas do Iraque para o Afeganistão, no entanto, a mudança não representará grande "êxodo" de soldados dos EUA do país, disse o porta-voz do Departamento de Defesa, Eric Pahon, à Sputnik.


Sputnik

"Isso [a transferência de tropas] está correto, mas não consigo falar de números ou dar detalhes sobre a mudança", disse Pahon, quando pediu o tópico.


US soldiers part of NATO patrol during the final day of a month long anti-Taliban operation by the Afghan National Army (ANA) in various parts of eastern Nangarhar province, at an Afghan National Army base in Khogyani district on August 30, 2015
© AFP 2018/ Noorullah Shirzada

No início do dia, o porta-voz do governo do Iraque, Saad Hadithi, disse que os Estados Unidos começaram uma redução gradual de suas tropas no país.

"Há uma tendência descendente nas tropas dos EUA lá [no Iraque], mas não um enorme êxodo iminente", disse Pahon. "Nós continuaremos nossa presença enquanto os iraquianos nos pedirem".

O Pentágono disse em um comunicado anterior que a Coalizão comandada pelos EUA contra o Daesh deslocaria o foco das operações de combate no Iraque para sustentar e garantir os ganhos contra a organização terrorista.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas