Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

Pentágono confirma que vai transferir tropas do Iraque ao Afeganistão

Os Estados Unidos vão transferir tropas do Iraque para o Afeganistão, no entanto, a mudança não representará grande "êxodo" de soldados dos EUA do país, disse o porta-voz do Departamento de Defesa, Eric Pahon, à Sputnik.


Sputnik

"Isso [a transferência de tropas] está correto, mas não consigo falar de números ou dar detalhes sobre a mudança", disse Pahon, quando pediu o tópico.


US soldiers part of NATO patrol during the final day of a month long anti-Taliban operation by the Afghan National Army (ANA) in various parts of eastern Nangarhar province, at an Afghan National Army base in Khogyani district on August 30, 2015
© AFP 2018/ Noorullah Shirzada

No início do dia, o porta-voz do governo do Iraque, Saad Hadithi, disse que os Estados Unidos começaram uma redução gradual de suas tropas no país.

"Há uma tendência descendente nas tropas dos EUA lá [no Iraque], mas não um enorme êxodo iminente", disse Pahon. "Nós continuaremos nossa presença enquanto os iraquianos nos pedirem".

O Pentágono disse em um comunicado anterior que a Coalizão comandada pelos EUA contra o Daesh deslocaria o foco das operações de combate no Iraque para sustentar e garantir os ganhos contra a organização terrorista.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas