Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Erdogan: exército sírio parou de avançar para Afrin

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as tropas do governo sírio deixaram de avançar para a cidade de Afrin "após consultas", realizadas pelo líder turco nesta segunda-feira.
Sputnik

As tropas do governo sírio "foram realmente detidas ontem (segunda-feira)", afirmou Erdogan, segundo a agência de notícias Anadolu. Segundo o chefe de Estado, isso aconteceu "após consultas". No entanto, Erdogan não especificou à que consultas estaria se referindo.


Nesta segunda-feira, o líder turco discutiu a situação em Afrin durante conversa telefônica com seus homólogos russo e iraniano, Vladimir Putin e Hassan Rouhani.

Erdogan também afirmou que as milícias pró-governo que tentaram entrar em Afrin nesta terça-feira, e que foram repelidas pelas tropas turcas, o fizeram por iniciativa própria.

"A milícia síria decidiu entrar em Afrin por conta própria. Isso é inaceitável e não ficará sem resposta", alertou Erdogan.

Anteriormente, a imprensa infor…

Região perto de Idlib é alvo de intensos bombardeios

Pelo menos cinco pessoas morreram e dezenas ficaram feridas nos intensos bombardeios feitos por aviões não identificados neste sábado, na localidade de Saraqib, a 19km de Idlib, como parte de uma ofensiva do governo da Síria.


EFE

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou que dezenas de pessoas ficaram gravemente feridas, mas não conseguiu especificar a quantidade exata. Além disso, centenas de casas foram destruídas, nesta que é uma das regiões mais importantes do leste de Idlib.


Resultado de imagem para idlib síria
Reduto da al-Qaeda em Idlib, Síria © Twitter: @Conflicts

Com estas mortes, sobe para 192 o número de vítimas, entre eles 50 crianças, de 25 de dezembro até hoje, indicou a ONG.

Ao todo, 35 ataques aéreos foram lançados em vários pontos de Saraqib, que fica perto da estrada que liga Aleppo, a maior cidade do norte do país, à capital, Damasco.

Combates entre tropas governamentais e aliados e o Organismo de Liberdade do Levante - a ex-filial síria da Al Qaeda, e outras facções continuaram a acontecer e se concentraram em Tell Touqan, situada a 11km ao leste da cidade de Saraqib.

Quase toda Idlib é controlada pelo Organismo de Liberdade do Levante e outras facções, contra as quais as forças governamentais lançaram uma ofensiva em 25 de dezembro.


Postar um comentário