Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial americano joga culpa para Israel pelo ataque às forças sírias

No domingo (17), a mídia síria relatou ataque ao povoado sírio Al-Harra, província de Deir ez-Zor, na fronteira com o Iraque, supostamente realizado pela coalizão internacional, liderada pelos EUA, tendo como alvo forças governamentais. Porém, um oficial americano culpou Israel pelo ataque.
Sputnik

Anteriormente, uma fonte militar relatou à mídia síria que drones "provavelmente americanos" bombardearam Al-Harra, entre Abu Kamal e Al-Tanf.

Segundo dados das Forças de Mobilização Popular iraquianas, o ataque matou 22 soldados iraquianos. O Observatório Sírio de Direitos Humanos, por sua vez, disse que o número total de vítimas corresponde a 52 pessoas, citado pelo Haaretz.

"Entre [os mortos] estão ao menos 30 militares iraquianos e 16 sírios, incluindo soldados e membros da milícia leal ao governo", afirmou à mídia o chefe do Observatório Sírio, Rami Abdel Rahman.

Comentando a notícia, o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Adrian Rankine-Galloway, descartou que W…

Rússia e Iraque podem firmar 'contrato da década' na área militar (VÍDEO)

No âmbito do existente contrato, as Forças Armadas do Iraque já receberam o primeiro lote de tanques russos T-90S. Espera-se que a cooperação militar entre os dois países seja excepcional.


Sputnik

A versão iraquiana deste blindado é diferente do modelo básico por seus novos escudos laterais com proteção dinâmica, conjuntos de geradores auxiliares a diesel e sistemas de ar condicionado.


Tanque russo T-90S
Tanque russo T-90S © Sputnik/ Aleksei Vladykin

Segundo comunicam fontes locais, os militares iraquianos foram treinados na Rússia para poderem usar os T-90S.

Alguns dias antes do discurso do diplomata, foi publicado um vídeo que mostra o carregamento dos tanques russos em um navio do porto de Ust-Luga, na região de Leningrado.

No total, espera-se que Moscou forneça 73 tanques. No início de fevereiro, segundo explicou o embaixador russo em Bagdá, Maksim Maksimov, o primeiro lote inclui 46 veículos.

No entanto, os especialistas do Centro de Análises de Estratégias e Tecnologias da Rússia não excluem que a quantidade total de tanques entregues ao Iraque pode superar algumas centenas.

Ademais, o diretor do Centro, Ruslan Pukhov afirmou que o valor total do contrato pode alcançar US$ 1 bilhão (R$ 3,2 bilhões), que prevê a entrega de 200 tanques.

"Não receio chamá-lo de 'contrato da década'", afirmou Pukhov, adicionando que é um acordo secional.

Se as suposições do especialista se tornarem realidade, esta será uma das maiores entregas do T-90 a um país estrangeiro.

Atualmente, Rússia tem contratos significativos com Índia (cerca de 1.000 unidades) e Argélia (cerca de 300), escreve o jornal russo Vzglyad.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas