Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Rússia espera que EUA cesse seu apoio a ultranacionalistas ucranianos

Rússia expressou hoje sua esperança de que os Estados Unidos ponha fim ao seu respaldo ao ultranacionalismo na Ucrânia e em outros países do leste europeu, depois de um ataque de radicais contra a sede da Rossotrudnechestva em Kiev.


Prensa Latina


Moscou - Tal apoio tem o risco de desembocar em uma escalada de violência e de expressões de xenofobia e extremismo, denunciou a embaixada russa nos Estados Unidos, citada pela televisão da capital.

Tropas dos EUA na Ucrânia | Reprodução

Sobre isso refere-se o ocorrido neste fim de semana na Ucrânia, onde os ultranacionalistas assaltaram o Centro russo de Ciência e Cultura e o escritório da Rossotrudnechestva, destaca o comunicado.

A missão diplomática russa recordou que na próxima semana se inicia a Assembleia Parlamentar da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa.

Para essa ocasião, os legisladores estadunidenses contarão com uma oportunidade ideal para comentar tais acontecimentos, sobretudo, porque os atos de vandalismo foram dirigidos por seu colega, o deputado da Rada Suprema pelo Partido Radical Andrei Lozovoi, assinala.

O nacionalismo radical adquire traços de política do governo na Ucrânia, afirma a embaixada russa, em clara alusão à impunidade com que agiram os ultranacionalistas ao destruir parte das instalações deste país em Kiev.

As autoridades da Ucrânia promovem a imagem de que a Rússia é o inimigo, em meio a contradições internas, turbulências políticas (marchas para exigir a renúncia de Piotro Poroshenko) e a insatisfação social nessa república ex-soviética, destaca o documento oficial.

Não ouvimos até o momento nenhuma reação de Washington a estes fatos violentos que também não são os primeiros contra nossas instituições oficiais, indica a notificação da embaixada russa.

Quiçá os ultranacionalistas estejam inspirados na maneira com a qual o governo norte-americano se apossou de propriedades da missão diplomática no país nortenho, incluídas duas casas de repouso, igual número de escritórios de Comércio e o consulado em San Francisco, opina.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas