Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novo corte na verba do PROSUB preocupa Comando da Marinha do Brasil

O Comandante da Marinha, almirante de esquadra Eduardo Leal Ferreira, está seriamente preocupado com as consequências negativas de um novo e importante corte nos recursos do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), previstos para o orçamento de 2019.
Por Roberto Lopes e Alexandre Galante | Poder Naval

O Programa, cujos termos foram ajustados em 2009, estabelece a produção, no complexo industrial naval de Itaguaí (RJ), de quatro submarinos de ataque convencionais (propulsão diesel-elétrica) da classe Scorpène, e a assistência técnica francesa para a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro.

O primeiro submarino convencional, batizado Riachuelo, deve ser lançado ao mar na manhã da quarta-feira 12 de dezembro.

Em novembro de 2016, reunido com lideranças da Base Industrial de Defesa, em São Paulo, o então ministro da Defesa, Raul Jungmann, estimou o valor total do investimento brasileiro no PROSUB em 30 bilhões de Reais.

O Poder Naval não teve acesso aos valores da reduçã…

Soldados franceses morrem em explosão no Mali

Dois soldados franceses foram mortos e outro ficou ferido em uma explosão nesta quarta-feira no Mali, segundo informou o gabinete do presidente da França, Emmanuel Macron.


Sputnik

Atualmente, de acordo com a AFP, há cerca de 4 mil militares franceses no Mali e em países vizinhos, para conter ações de grupos jihadistas que vêm realizando uma série de ataques e sequestros, inclusive contra estrangeiros. 


Soldados do Mali em ponto de controle de Timbuktu, em 5 de fevereiro de 2016
Soldados do Mali © REUTERS/ Moulaye Chirfi

Os dois soldados mortos hoje foram vítimas de uma mina terrestre, em local não especificado. Eles pertenciam a um regimento de cavalaria baseado em Valence, cidade da região francesa de Auvergne-Rhône-Alpes. O presidente Macron enviou condolências às famílias dos militares, destacando que a operação contra o terrorismo na região também provocou "golpes severos" aos inimigos.

As mortes desta quarta-feira elevam para 12 o número de baixas francesas desde o início da operação Barkhane, lançada há mais de três anos contra as organizações terroristas que tomaram conta do norte do Mali em 2012.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas