Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Tesouro dos EUA visa empresas e navios em sanções contra Coreia do Norte

As sanções têm como alvo uma pessoa, 27 companhias e 28 navios.


Makini Brice | Reuters

WASHINGTON - 
O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou, nesta sexta-feira, o que disse ser o maior pacote de sanções relacionadas à Coreia do Norte, em uma tentativa de prejudicar empresas comerciais e marítimas e navios norte-coreanos e de isolar ainda mais Pyongyang.

Resultado de imagem para eua x coreia do norte
Reprodução

Os navios são localizados, registrados ou têm bandeira da Coreia do Norte, China, Cingapura, Taiwan, Hong Kong, Ilhas Marshall, Tanzânia, Panamá e Comores.

“O Tesouro está visando agressivamente todos os caminhos ilícitos usados pela Coreia do Norte para escapar de sanções, inclusive adotando ações decisivas para bloquear navios, companhias marítimas e entidades por todo o mundo que trabalham em nome da Coreia do Norte”, disse o secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, em comunicado.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas