Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

Turquia diz que resolução da ONU sobre cessar-fogo na Síria não afetará sua operação em Afrin

A decisão do Conselho de Segurança da ONU pelo cessar-fogo na Síria não teria impacto na operação militar em curso da Turquia em Afrin, disse o primeiro-ministro turco, Bekir Bozdag, no domingo.


Xinhua

Ancara - "Quando observamos a resolução do Conselho de Segurança da ONU, vemos que a luta contra as organizações terroristas está fora de seu escopo. Portanto, isso não afetará a operação em curso da Turquia", afirmou Bozdag, citado pela agência estatal Anadolu.

Resultado de imagem para Bekir Bozdag
Primeiro-ministro turco, Bekir Bozdag | Reprodução

No início do domingo, o Ministério das Relações Exteriores da Turquia saudou a resolução em uma declaração escrita, observando que a Turquia continuaria sua operação militar em Afrin, Síria.

"Apoiamos a resolução adotada pelo Conselho de Segurança da ONU, em resposta ao agravamento da situação humanitária em toda a Síria, particularmente em Ghouta", lê o comunicado.

Ao mesmo tempo, a Turquia "permanece resoluta na luta contra as organizações terroristas que ameaçam a integridade territorial e a unidade política da Síria", acrescentou.

O Conselho de Segurança da ONU aprovou no sábado uma resolução pedindo um cessar-fogo de 30 dias na Síria para permitir a entrega de ajuda humanitária.

Em 20 de janeiro, a Turquia iniciou a “Operação Ramo de Oliveira” para tirar as milícias da Unidade de Proteção do Povo (YPG) de Afrin, na Síria. Ancara vê a YPG como a afiliada síria do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), uma organização terrorista listada pela Turquia.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas