Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Ucrânia exige que Rússia repare e devolva os navios ucranianos que ficaram na Crimeia

Coronel-general ucraniano declarou que o país está pronto para receber de volta seus navios que se encontram na Crimeia mas apenas depois de a Rússia os reparar.


Sputnik

Mikhail Koval, coronel-general que em 2014 exercia o cargo do ministro de Defesa da Ucrânia, falava durante as audições relativas ao caso do ex-presidente Viktor Yanukovich.


Navios ucranianos em Sevastopol, Rússia
Navios ucranianos em Sebastopol, Rússia © Sputnik/ Sergei Malgavko

O vídeo foi publicado na conta do YouTube do canal ucraniano 112. Segundo declarou Koval, a Rússia tem que responder no Tribunal de Haia por ter ficado com o equipamento militar ucraniano.

"Devolverão por ordem do tribunal, reparados, no estado em que os tomaram. E não de outro jeito", sublinhou.

Remzi Ilyasov, vice-presidente do parlamento da Crimeia, respondeu por sua vez que foram as próprias autoridades ucranianas que tornaram o equipamento militar que está na Crimeia em uma sucata.

"De que equipamento se pode tratar, quando as próprias autoridades ucranianas tudo tornaram sucata? Pelo que sei, ninguém usou este equipamento. Duvido que eles precisem deste equipamento militar", disse o político à Sputnik.

Mais cedo, o presidente russo Vladimir Putin afirmou que a Rússia está disposta a entregar a Kiev os navios e aviões ucranianos que ficaram na Crimeia, embora estes se encontrem em estado lastimável.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas