Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

EUA vão suspender Tratado INF se Rússia não cumprir acordo, diz vice-secretário de Estado

Os EUA vão suspender suas obrigações no Tratado INF, que trata a respeito armas nucleares de médio alcance, no dia 2 de fevereiro se a Rússia não apresentar provas de que está cumprindo o acordo, disse o vice-secretário de Estado.
Sputnik

Em outubro, o presidente dos EUA anunciou que seu país abandonaria o Tratado INF, assinado pelos Estados Unidos e pela União Soviética em 1987.


Trump argumentou que Moscou estava desenvolvendo mísseis que violam esse pacto.

Em 4 de dezembro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que Washington suspenderia sua adesão ao INF no prazo de 60 dias se a Rússia não voltasse a cumprir suas obrigações.

No entanto, a Rússia nega categoricamente todas as acusações. O líder russo, Vladimir Putin, declarou que Moscou se opõe à violação do Tratado INF, mas responderá se isso acontecer.

AirMod vence concorrência internacional para modificar 25 aviões T-27 Tucano

A AirMod, empresa brasileira instalada no Parque Tecnológico São José dos Campos, venceu concorrência internacional para projetar, desenvolver e executar a modificação de 25 aeronaves T-27 Tucano. O projeto envolve transformar a versão original, de treinamento, em uma versão de ataque leve para um cliente do exterior.


Poder Aéreo

“Ver uma empresa média aqui de São José dos Campos conseguir vencer uma concorrência desse porte mostra nossa competência empresarial e tecnológica. Toda a estrutura que será criada vai beneficiar o Parque Tecnológico e a cidade”, avalia Marco Antonio Raupp, diretor-geral do PqTec.


Embraer T-27 Tucano

A AirMod estima que serão criadas 50 vagas de emprego para esse projeto, para técnicos, engenheiros e em cargos administrativos. O trabalho deve começar até o final do primeiro semestre deste ano. Para isso, será criado um Laboratório de Integração e Testes no PqTec, onde será montado um protótipo do avião e será feita toda a modificação da primeira aeronave.

“A intenção é continuar utilizando o laboratório para integração de sistemas aeronáuticos, não somente para defesa mas também para aviação comercial e executiva”, diz Amaury Acatauassu, CEO da AirMod.

O Tucano surgiu da necessidade da Força Aérea Brasileira de substituir uma antiga aeronave de treinamento, que teria sua produção descontinuada pela fabricante norte-americana. Para suprir essa lacuna, o T-27 foi desenvolvido pela Embraer em parceria com a FAB em 1980. O desempenho notório e outras inúmeras características fizeram com que esse modelo fosse exportado para diversos países.

A AirMod é uma empresa brasileira especializada em engenharia e projeto, consultoria e serviços aeronáuticos para clientes da aviação, comercial, executiva e defesa. A empresa atua globalmente a partir de seus três escritórios: no Parque Tecnológico São José dos Campos, em Delray Beach, nos EUA (AirMod XPort), e nas proximidades de Lisboa, em Portugal (AirMod Aerostec). A empresa já prestou serviços para mais de 40 clientes em 20 países.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas