Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil prevê inaugurar estação na Antártica em 2020, oito anos após incêndio

Obra é executada por uma empresa chinesa e, segundo a Marinha, se aproxima do final. Incêndio em 2012 destruiu estação, e dois militares morreram.
Por Guilherme Mazui | G1 — Brasília

Passados sete anos desde o incêndio que destruiu a Estação Antártica Comandante Ferraz, a Marinha prevê inaugurar a nova estação em março de 2020.

Executada pela empresa chinesa Ceiec, a obra se aproxima do final, segundo a Marinha, que prevê concluir as obras civis e a instalação de máquinas e mobiliário até 31 de março, iniciando um período de testes do complexo científico até março de 2020. Após os testes, a estação poderá receber militares e pesquisadores.

"A previsão de inauguração é março de 2020, quando os pesquisadores e o Grupo-Base [de militares] deverão ocupar em definitivo as instalações da nova Estação Antártica Comandante Ferraz", informou a Marinha ao G1.

Com investimento de US$ 99,6 milhões, o complexo receberá profissionais que atuam no Programa Antártico Brasileiro (Proantar), criad…

'Assustador e chocante': mídia comenta teste de novo míssil hipersônico russo (VÍDEO)

O portal de notícias britânico Daily Star comentou o recente teste do novo míssil hipersônico de alta precisão Kinzhal.


Sputnik

O vídeo com o lançamento foi chamado de "chocante".


Caça russo MiG-31 durante teste do míssil Kinzhal
MiG-31 com míssil hipersônico russo Kinzhal | Ministério da Defesa da Rússia

Como destaca o Daily Star, o vídeo com o lançamento do Kinzhal "capaz de superar qualquer sistema de defesa" é "assustador".

Mais cedo, o Ministério da Defesa russo havia informado sobre o teste bem-sucedido do míssil Kinzhal no Distrito Militar do Sul. Foi destacado que durante o teste foram comprovadas as características do míssil.

Kinzhal ("Punhal" em russo) se move 10 vezes mais rápido do que o som e executa manobras ao longo de sua trajetória.

Durante o recente discurso do presidente russo, Vladimir Putin, ante a Assembleia Federal, foram exibidos vários vídeos sobre a análise de novas armas russas, incluindo o míssil hipersônico de lançamento aéreo Kinzhal.

Putin disse que o míssil pode evadir todos os sistemas de defesa antimísseis e antiaéreos existentes e em desenvolvimento, podendo transportar ogivas nucleares ou convencionais a distâncias de até 2.000 quilômetros.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas