Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Ataques durante as últimas 24 horas em Guta Oriental deixam 23 mortos

Pelo menos 23 pessoas morreram e 150 ficaram feridas em ataques durante as últimas 24 horas em Guta Oriental, o principal reduto opositor dos arredores de Damasco e alvo de uma ofensiva governamental, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Beirute - Na madrugada passada ocorreram bombardeios de aviões não identificados contra as populações de Saqba, Haza e Kafr Batna, entre outras.


EFE/ cedida por SANA
EFE/ cedida por SANA

O Observatório destacou que nos dois últimos dias posições da facção islamita a Legião da Misericórdia foram alvo dos ataques aéreos, que tiraram as vidas de 12 combatentes deste grupo, entre eles dois de seus líderes.

Os bombardeios contra a Legião da Misericórdia aconteceram nos arredores da população de Al Iftiris no último reduto que lhe resta a esta facção no sul de Guta Oriental.

Desde 25 de fevereiro, o Exército sírio e seus aliados desenvolvem uma incursão terrestre na região, que foi precedida na semana anterior de uma intensificação dos bombardeios da aviação síria e da russa, e dos ataques da artilharia governamental.

Segundo o Observatório, pelo menos 1.204 pessoas morreram, entre elas 246 menores e 65 mulheres, desde 18 de fevereiro em Guta.

Ontem, aconteceu uma evacuação de mais de 100 civis de Guta Oriental, após um acordo entre as autoridades sírias e o grupo o Exército do Islã.

Ainda não se sabe se a evacuação de civis continuará hoje nessa região.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas