Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Radicais sírios estariam recebendo armamento dos EUA através da fronteira com Jordânia

Enquanto o exército sírio parece estar pronto para uma grande ofensiva na província de Daraa, os grupos radicais que operam na região estariam recebendo grandes remessas de material bélico "Made in USA".
Sputnik

Os grupos militantes que atuam no sul da Síria receberam uma grande quantidade de armas e munições fabricadas nos EUA, incluindo mísseis antitanque TOW, informou a agência de notícias FARS.

De acordo com a FARS, o armamento foi entregue através da fronteira com a Jordânia no âmbito de um novo plano dos EUA para assegurar mais apoio a estes grupos na Síria.

A agência informou também que os grupos militantes na província de Daraa começaram a se preparar para impedir a ofensiva do exército sírio.

No início deste mês, o exército sírio intensificou as ações no sudoeste do país, controlado por radicais, perto da fronteira com a Jordânia e as Colinas de Golã, ocupadas por Israel.

O Ministério da Defesa da Rússia acrescentou que as forças do governo sírio, apoiadas por um grande a…

Autoridades palestinas denunciam uso de substâncias químicas por Israel na Faixa de Gaza

As autoridades israelenses usaram supostamente herbicidas ao longo da fronteira com Faixa de Gaza, provocando a irritação da administração palestina.


Sputnik

Nizar al-Wahedi, do Ministério da Agricultura da Palestina, declarou que uma aeronave israelense foi recentemente detectada pulverizando herbicidas ao longo da fronteira que separa Israel da Faixa de Gaza, informa a agência turca Anadolu.


Fazendeiro palestino no campo em Gaza, foto de arquivo
Fazendeiro palestino em Gaza © AFP 2018/ MOHAMMED ABED

"Estas substâncias químicas causam danos nas culturas agrícolas e prejudicam os solos", declarou Nizar al-Wahed, insistindo que "Israel não tem direito de pulverizar herbicidas nas fazendas palestinas".

No entanto, ele destacou que não se sabe a composição exata das sustâncias químicas pulverizadas pelo avião israelense.

Ao mesmo tempo, uma organização não governamental israelense chamada Gishna afirma que a pulverização foi realizada para eliminar ervas daninhas ao longo da fronteira.

Mais cedo, um fazendeiro palestino de 59 anos foi morto a tiros por soldados israelenses perto da fronteira com a Faixa de Gaza. Uma fonte nos serviços médicos da Faixa de Gaza disse à Sputnik que o homem foi morto enquanto trabalhava na sua terra, enquanto a parte israelense diz que o homem se aproximou da área restrita apesar de repetidos avisos.

A tensão na fronteira entre Israel e Faixa de Gaza aumentou depois da decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital israelense e transferir a embaixada norte-americana para lá. A decisão do presidente estadunidense levou a confrontos quase permanentes entre as forças israelenses e os palestinos.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas