Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Capitão do Exército tem surto e ameaça se matar dentro de agência dos Correios em Maricá, no RJ

Corpo de Bombeiros, Exército e Bope foram acionados.


Por G1, Região dos Lagos

Um capitão do Exército teve um surto nesta quinta-feira (8) dentro de uma agência dos Correios em Maricá (RJ). Segundo a Polícia Militar, ele se aborreceu por conta do atendimento e ameaçou se matar. Ele estava armado.

Caso aconteceu em uma agência dos Correios em Maricá (Foto: Viviane Lopes/Inter TV)
Caso aconteceu em uma agência dos Correios em Maricá (Foto: Viviane Lopes/Inter TV)

Ainda de acordo com a PM, o homem não ameaçou ninguém que estava na agência.

Além da PM, equipes do Corpo de Bombeiros, do Exército e negociadores do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram acionados.

A PM informou também que o homem já entregou a arma e a situação foi controlada.

Segundo os Correios, o homem foi à unidade para procurar uma encomenda e foi informado que o objeto havia sido devolvido ao remetente porque o endereço indicado para a entrega estava incorreto, o que impossibilitou a localização do destinatário pelo carteiro.

Ainda de acordo com o órgão, o homem foi conduzido pela Polícia do Exército após o surto.

Em nota, o Comando Militar do Leste informou que os detalhes do ocorrido estão sendo apurados e o militar foi encaminhado para o Hospital Central do Exército (HCE).

Postar um comentário

Postagens mais visitadas