Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Lançamento do Submarino Riachuelo – S40 (VIDEO)

Hoje, 14 de dezembro, às 10h da manhã em Itaguaí-RJ, teve início a Cerimônia de Lançamento do Submarino Riachuelo, o primeiro de uma série de quatro submarinos convencionais e um nuclear que estão sendo construídos pela Marinha do Brasil. A cerimônia conta com a presença do Presidente da República.
Poder Naval

O nome do primeiro submarino, “Riachuelo”, é alusivo à Batalha Naval do Riachuelo, considerada decisiva na Guerra do Paraguai, com atuação destacada da Marinha do Brasil.


Acompanhe a Cerimônia em tempo real no vídeo no final deste post.
Prosub

O Brasil tem o mar como uma forte referência em todo o seu desenvolvimento. É nessa área marítima que os brasileiros desenvolvem as atividades pesqueiras, o comércio exterior e a exploração de recursos biológicos e minerais. A imensa riqueza das águas, do leito e do subsolo marinho nesse território justifica seu nome: Amazônia Azul.

A Amazônia Azul cobre uma área de 3,5 milhões de quilômetros quadrados. Mas o país pleiteia na Organização das Naç…

Chancelaria russa: terroristas de Iraque e Síria usam a Ucrânia para chegar à Europa

Militantes estrangeiros que retornam para a Europa depois de participar dos conflitos na Síria e no Iraque estão usando ativamente o território ucraniano, segundo disse à Sputnik o diretor do departamento de novos desafios do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Ilya Rogachev.


Sputnik

"Muitos que retornam da Síria e do Iraque procuram entrar na Ucrânia através da Turquia, já que a Ucrânia tem um regime livre de vistos com a União Europeia. Então, os parceiros ocidentais criaram outro grande problema para eles mesmos. A parte turca tem feito esforços para impedir o trânsito de terroristas no seu território, mas eles não conseguem impedir todos… É relativamente fácil obter um passaporte ucraniano, e por isso os terroristas procuram ir para lá", afirmou Rogachev. 


Bandeiras da Ucrânia e da União Europeia em Kiev
Bandeiras da Ucrânia e da União Europeia em Kiev © Sputnik/ Ramil Sitdikov

De acordo com o funcionário da chancelaria russa, a UE só adotou esse regime livre de vistos com a Ucrânia para encorajar a russofobia de Kiev e revitalizar as aspirações europeias do país. Como resultado, a politização da situação ucraniana levou a um problema de segurança para toda a Europa.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas