Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China: 'Relatório do Pentágono distorce nossas intenções estratégicas'

A China rejeita firmemente as conclusões do relatório do Departamento de Defesa dos EUA sobre a situação militar e de segurança no país asiático, disse em comunicado o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, Lu Kang.
Sputnik

"Em 17 de agosto, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos divulgou o relatório sobre a situação militar e de segurança na China, interpretando mal as intenções estratégicas da China e apresentando a chamada ‘ameaça militar chinesa' […] Os militares chineses expressam sua firme oposição a esse respeito", diz a declaração.

"As alegações do relatório dos EUA são pura especulação", disse Kang, explicando que o programa de modernização do Exército chinês se destina a defender "os interesses da soberania, segurança e desenvolvimento do país" e para "providenciar a paz, estabilidade e prosperidade globais".

O porta-voz do ministério chinês também reiterou a posição firme de seu país em relação a Taiwan, que ele definiu como u…

China anuncia exercícios militares de larga escala no Pacífico Ocidental

A Força Aérea do Exército Popular de Libertação da China realizará exercícios militares em grande escala na parte oeste do Oceano Pacífico em um futuro próximo, disse o porta-voz da Força Aérea, Shen Jinke, neste domingo (25).


Sputnik

"Em um futuro próximo, a Força Aérea enviará diferentes aviões de combate, incluindo Xian H-6 [bombardeiros] e Su-30 [combatentes], que sobrevoarão o Estreito de Miyako e iniciarão exercícios militares conjuntos na parte oeste do país do Oceano Pacífico", disse Shen em um comunicado divulgado pelo Ministério da Defesa da China.


Dois jatos SU-30 chineneses prestes a realizar uma patrulha sobre o mar do sul da China.
Sukhoi Su-30 chineses © AP Photo/ Jin Danhua/Xinhua

O porta-voz disse que a aeronave também sobrevoaria as ações de patrulhamento de treinamento no Mar da China Meridional, acrescentando que as manobras seriam um passo prático para melhorar as capacidades da Força Aérea.

Segundo Shen, a Força Aérea Chinesa protegerá a soberania nacional e a segurança, além de garantir o desenvolvimento pacífico do país.

Na sexta-feira (23), a mídia informou que a Marinha chinesa realizaria exercícios no Mar da China Meridional, acrescentando que os exercícios militares não são voltados a ações contra outros países.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas