Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

China vai aumentar orçamento de defesa em 8% neste ano, para US$ 173 bi

O país possui o segundo maior investimento militar do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos


Forças Terrestres

PEQUIM – A China disse que seu orçamento para a defesa será elevado em 8% em 2018, para 1,1 trilhão de yuan (US$ 173 bilhões), na medida em que o país se prepara para lançar seu segundo porta-aviões, aprimorando assim sua força área e acoplando uma série de mísseis avançados capazes de atacar alvos aéreos e marítimos a grandes distâncias.


Anos seguidos de crescimentos acima de dois dígitos nos investimentos militares deram a China o segundo maior orçamento de defesa do mundo. O primeiro lugar é dos Estados Unidos, cujo investimento no setor deve alcançar os US$ 716 bilhões no próximo ano.

A China tem o maior exército do mundo em número de homens, mas o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, disse que o país “basicamente completou” o objetivo de reduzir o tamanho de suas tropas em 300 mil homens, para cerca de 2 milhões de soldados.

FONTE: Estadão/AP

Postar um comentário

Postagens mais visitadas