Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Comboio humanitário entra em Guta Oriental com ajuda para 26 mil pessoas

Um novo comboio humanitário entrou nesta quinta-feira em Guta Oriental, o principal reduto opositor nos arredores de Damasco (Síria) e alvo de uma ofensiva governamental, com ajuda para 26 mil pessoas.


EFE

Beirute - A caravana, composta por 25 caminhões, transporta alimentos e é organizada pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), ONU e o Crescente Vermelho Sírio, disse à Agência Efe, o diretor de Comunicações do CICV no país árabe, Pawel Krzysiek.


EFE/cedida por SANA
EFE/cedida por SANA

Este comboio foi organizado depois que outro carregamento humanitário chegou a Guta Oriental, na semana passada, que aconteceu dois rodízios em dias separados por conta da violência.

O carregamento de hoje será distribuído em Duma, maior população de Guta Oriental, cruzou esta região pela passagem do campo de refugiados de Al Wafidin, que separa as áreas em poder das autoridades daquelas que estão nas mãos dos insurgentes em Guta Oriental.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos afirmou que dezenas de bombardeios ocorreram nesta manhã na parte sul de Guta Oriental.

Pelo menos três pessoas morreram e outras 83 ficaram feridas pelos ataques aéreos de aviões não identificados contra Kafr Batna, Ain Tarma, Zamalka, Haza, Yisrin e Hamuriya.

Setenta desses feridos foram registrados em Hamuriya, quando tentavam fugir da cidade por conta da intensidade dos bombardeios.

A entrega da ajuda aconteceu no meio da continuação dos bombardeios na região, denunciaram os ativistas.

No primeiro dia de distribuição da assistência, o comboio teve que se retirar antes de tempo e não consegui repassar toda a carga que levava devido à intensidade dos ataques nos seus arredores.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas