Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

Curdos relatam bombardeio do exército turco em bairros residenciais de Afrin

Os aviões da Força Aérea da Turquia atacaram massivamente os bairros residenciais da cidade de Afrin, no norte da Síria, matando sete civis e deixando outros 25 feridos. A informação foi divulgada pelas Forças de Autodefesa do Curdistão (AFC).


Sputnik

"No momento, os ataques aéreos na cidade de Afrin continuam, sete pessoas já morreram, incluindo uma criança e 25 pessoas feridsa", diz o comunicado.


Combatentes pró-Turquia e tropas turcas na colina que separa Afrin da cidade turca de Azaz
Tropas turcas e aliados em Afrin, Síria © AP Photo/ STR

Em 20 de janeiro, a Turquia lançou a operação Ramo de Oliveira, uma ação transfronteiriça massiva, visando "limpar" a cidade síria de Afrin das Unidades de Proteção Popular curdas (YPG), que Ancara considera como um grupo terrorista e uma extensão do proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) turco.

Damasco condenou fortemente as ações da Turquia na África, observando que esse território é parte integrante da Síria. Moscou instou todas as partes a diminuir a tensão e respeitar a integridade territorial da Síria.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas