Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha do Brasil simula resgate de civis em área de conflito ou desastre natural (VÍDEO)

A Marinha do Brasil realizou entre os dias 6 e 14 de novembro a Operação Atlântico, na praia de Itaoca, no Espírito Santo. A simulação deste ano treinou os oficiais para casos em que houvesse resgate de civis em uma área de conflito armado ou que foram alvos de desastres naturais.
Sputnik

Era por volta de 5h40 do dia 10 de novembro, um sábado, ainda estava amanhecendo, quando o Almirante Paulo Martinho Zucaro, Comandante da Força de Fuzileiros da Esquadra, olhou e disse para a reportagem da Sputnik Brasil: "É guerra".


A declaração foi dada para explicar os motivos de se realizar um treinamento deste porte mesmo em condições extremamente desfavoráveis. A chuva era forte, as ondas na beira da praia atingiam 1,5 metros e os ventos chegaram a 20 km/h. O nível de dificuldade preocupava o alto comando, mas não foi um problema para os fuzileiros e marinheiros.

Antes do amanhecer, sete Carros Lagarta Anfíbios (CLAnf) chegaram à praia e deram início ao desembarque. Após eles chegarem foi…

EUA, Reino Unido, França e Alemanha condenam ataque contra ex-espião russo

Em comunicado conjunto, líderes afirmam que é a primeira vez que ataque com agente nervoso é registrado na Europa desde a Segunda Guerra.


Por G1


Um comunicado conjunto lançado nesta quinta-feira (15) pelo Reino Unido, juntamente com seus aliados Estados Unidos, França e Alemanha, condenou o ataque contra um ex-espião russo e sua filha na Inglaterra.

Imagem relacionada
Donald Trump, Theresa May, Emmanuel Macron e Angela Merkel | Reprodução

O texto, assinado por Theresa May, Donald Trump, Angela Merkel e Emmanuel Macron foi divulgado por Downing Street e afirma que o ataque - usando um agente nervoso - é o primeiro desse tipo em solo Europeu desde a Segunda Guerra Mundial.

Citado pelo jornal inglês "Guardian", o incidente é uma "agressão à soberania do Reino Unido" e também configura um desrespeito às leis internacionais que proibem o uso de armas químicas.

O texto também reforça a postura britânica, de que a Rússia foi responsável pelo ataque.

Envenenamento

Sergei Skripal, de 66 anos, e sua filha Yulia, de 33 anos, foram contaminados por um agente nervoso na cidade britânica de Salisbury, em 4 de março. Eles foram encontrados inconscientes em um banco da catedral da cidade e foram levados ao hospital, onde estão internados em estado crítico. O caso está sendo tratado como tentativa de homicídio.

Skripal traiu dezenas de agentes russos para a inteligência britânica antes de ser preso, em Moscou, em 2004. Ele foi sentenciado a 13 anos de prisão, em 2006, e em 2010 recebeu refúgio do Reino Unido, após ser trocado por espiões russos.

Um policial britânico que foi um dos primeiros a atender Skripal também foi afetado pelo agente nervoso. Ele está consciente, em situação séria, mas estável, de acordo com a polícia.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas