Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Forças governamentais sírias avançam por Guta Oriental perto de Damasco

As forças governamentais sírias avançaram nesta quarta-feira por Guta Oriental, o principal reduto opositor dos arredores de Damasco, onde tomaram o controle de várias áreas, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.


EFE

Beirute - As tropas leais ao governo de Damasco dominaram zonas no leste e sul da cidade de Mesraba, assim como outra em Beit Saua, após combates contra as facções islamitas da Legião da Misericórdia e do Exército do Islã.


Soldados das forças governamentais sírias  em foto de 28 de fevereiro. EFE/ Youssef Badawi
Soldados das forças governamentais sírias em foto de 28 de fevereiro. EFE/ Youssef Badawi

Esta operação terrestre conta com a cobertura da aviação, que hoje realizou mais de 157 bombardeios na região.

Segundo o Observatório, pelo menos cinco civis morreram hoje por ataques aéreos em Yisrin e Saqba.

A agência de notícias oficial síria, "SANA", informou que o exército continuou hoje com suas operações em Guta Oriental, onde ontem à noite realizou um ataque contra remanescentes de "grupos terroristas" em Hush al Ashari e Al Mohamediya, Al Rihan e Mesraba.

As autoridades sírias afirmam que enfrentam em Guta Oriental a Frente al Nusra, como antigamente se denominava a filial síria da Al Qaeda.

As forças governamentais, apoiadas pela Rússia, iniciaram em 25 de janeiro uma incursão terrestre em Guta Oriental, controlada por grupos islamitas e onde pelo menos 104 soldados das tropas fiéis ao presidente Bashar al Assad e 95 insurgentes perderam a vida.

Uma semana antes, as aviações de Síria e Rússia e a artilharia governamental intensificaram seus ataques contra a região, que, de acordo com a última apuração do Observatório, causaram a morte de 810 civis, entre eles 179 menores.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas