Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial americano joga culpa para Israel pelo ataque às forças sírias

No domingo (17), a mídia síria relatou ataque ao povoado sírio Al-Harra, província de Deir ez-Zor, na fronteira com o Iraque, supostamente realizado pela coalizão internacional, liderada pelos EUA, tendo como alvo forças governamentais. Porém, um oficial americano culpou Israel pelo ataque.
Sputnik

Anteriormente, uma fonte militar relatou à mídia síria que drones "provavelmente americanos" bombardearam Al-Harra, entre Abu Kamal e Al-Tanf.

Segundo dados das Forças de Mobilização Popular iraquianas, o ataque matou 22 soldados iraquianos. O Observatório Sírio de Direitos Humanos, por sua vez, disse que o número total de vítimas corresponde a 52 pessoas, citado pelo Haaretz.

"Entre [os mortos] estão ao menos 30 militares iraquianos e 16 sírios, incluindo soldados e membros da milícia leal ao governo", afirmou à mídia o chefe do Observatório Sírio, Rami Abdel Rahman.

Comentando a notícia, o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Adrian Rankine-Galloway, descartou que W…

Forte explosão atinge Donbass na região da linha de contato

Autoridades da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) reportam uma forte explosão que ocorreu na região da linha de contato.


Sputnik

O incidente ocorreu às 14h50 no horário local (8h50 em Brasília) ao sul do povoado de Maryinka, controlado pelo governo ucraniano, informou um representante da RPD. 


Milícias da República Popular de Donetsk no território do aeroporto de Donetsk
Milicianos de Donetsk na área do aeroporto em Donetsk © Sputnik/ Sergei Averin

"Um helicóptero ucraniano foi detectado a uma distância de cerca de 800 metros da linha de contato. Vinte minutos antes da chegada do helicóptero foi registrada uma forte explosão", afirmou o representante, sem dar mais detalhes.

Desde segunda-feira (5), outra trégua entrou em ação em Donbass. No entanto, no mesmo dia, a RPD acusou os militares ucranianos de violar várias vezes o regime de cessar-fogo.

Segundo as informações, as Forças Armadas da Ucrânia abriram fogo utilizando armas de grandes calibres contra povoações no sul da região de Donetsk. Além disso, o ataque atingiu o deputado russo, Aleksei Zhuravlev, que foi ao lugar para verificar se as partes cumprem o regime de cessar-fogo.

Em abril de 2014 as autoridades ucranianas lançaram uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk. Segundo os últimos dados da ONU, mais de 10.000 pessoas já foram vítimas do conflito. A regulação do conflito está sendo discutida, inclusive no âmbito dos encontros do grupo de contato em Minsk, no entanto, as partes continuam denunciando violações do regime de cessar-fogo.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas