Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Forte explosão atinge Donbass na região da linha de contato

Autoridades da autoproclamada República Popular de Donetsk (RPD) reportam uma forte explosão que ocorreu na região da linha de contato.


Sputnik

O incidente ocorreu às 14h50 no horário local (8h50 em Brasília) ao sul do povoado de Maryinka, controlado pelo governo ucraniano, informou um representante da RPD. 


Milícias da República Popular de Donetsk no território do aeroporto de Donetsk
Milicianos de Donetsk na área do aeroporto em Donetsk © Sputnik/ Sergei Averin

"Um helicóptero ucraniano foi detectado a uma distância de cerca de 800 metros da linha de contato. Vinte minutos antes da chegada do helicóptero foi registrada uma forte explosão", afirmou o representante, sem dar mais detalhes.

Desde segunda-feira (5), outra trégua entrou em ação em Donbass. No entanto, no mesmo dia, a RPD acusou os militares ucranianos de violar várias vezes o regime de cessar-fogo.

Segundo as informações, as Forças Armadas da Ucrânia abriram fogo utilizando armas de grandes calibres contra povoações no sul da região de Donetsk. Além disso, o ataque atingiu o deputado russo, Aleksei Zhuravlev, que foi ao lugar para verificar se as partes cumprem o regime de cessar-fogo.

Em abril de 2014 as autoridades ucranianas lançaram uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk. Segundo os últimos dados da ONU, mais de 10.000 pessoas já foram vítimas do conflito. A regulação do conflito está sendo discutida, inclusive no âmbito dos encontros do grupo de contato em Minsk, no entanto, as partes continuam denunciando violações do regime de cessar-fogo.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas