Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Imagens fortes: exército dos EUA sofre as maiores perdas em 25 anos na África (VÍDEO)

Uma gravação que acaba de aparecer na rede mostra um suposto ataque do Estado Islâmico, grupo terrorista proscrito na Rússia e em outros países, contra uma patrulha conjunta nigerina e norte-americana no Níger. O vídeo foi transmitido no canal Telegram Directorate 4, que informa sobre conflitos militares.


Sputnik

O ataque aconteceu em outubro do ano passado, quando 11 militares dos EUA e 30 do Níger patrulhavam as regiões de Tillabéri e Tahoua, no sudoeste do país, na fronteira com o Mali. O comboio foi atacado pelos jihadistas depois de uma emboscada, relata a CBS.


Resultado de imagem para soldados eua níger
Militares americanos foram apanhados numa emboscada enquanto faziam patrulhas de rotina no Níger | US ARMY/SPC. ZAYID BALLESTEROS H/EPA


O vídeo, supostamente gravado com a câmera de um militar norte-americano, mostra os militares se escondendo atrás de um veículo SUV e respondendo aos terroristas com tiros. Eles também usaram várias granadas de fumaça. Entretanto, um dos membros das forças especiais dos EUA foi gravemente ferido, enquanto dois morreram quando tentavam escapar dos terroristas.

No total, os terroristas mataram 4 militares norte-americanos, 4 do Níger e um intérprete. Segundo o Directorate 4, essas perdas dos EUA foram as maiores na África desde 1993, quando dois helicópteros Sikorsky Black Hawk foram derrubados durante um conflito armado na Somália.

Até o momento, a Sputnik não conseguiu verificar a autenticidade do vídeo.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas