Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Israel ataca Faixa de Gaza após explosões na área fronteiriça

Tanques israelenses atacaram as posições dos combatentes palestinos em resposta à detonação de vários artefatos explodidos perto da patrulha do exército israelense na fronteira com Faixa de Gaza, comunicou o serviço de imprensa do exército de Israel.


Sputnik

A explosão não deixou vítimas entre soldados israelenses. Quanto à resposta, por enquanto não há informações disponíveis. 


Tanques israelenses perto da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza (foto de arquivo)
Tanques israelenses na fronteira com a Faixa de Gaza © AFP 2018/ THOMAS COEX

"Pouco tempo atrás, foram detonados vários artefatos explosivos perto do cercado de segurança, na parte norte da Faixa de Gaza, não há informações sobre vítimas", lê-se no comunicado de militares.

"Em resposta, os tanques das Forças de Defesa de Israel atiraram contra postos do grupo terrorista Hamas", acrescentaram eles.

Israel considera o movimento islamita Hamas como responsável por todas as ações agressivas provenientes do enclave controlado pelo grupo, e exige que ele assegure a trégua entre todas as facções palestinas.

Em fevereiro, na área fronteiriça da Faixa de Gaza, a explosão de um dispositivo explosivo deixou quatro militares israelenses feridos. Por sua vez, Israel respondeu com bombardeiros massivos contra a infraestrutura dos combatentes palestinos, desde a última guerra no enclave em 2014.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas