Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Israel ataca Faixa de Gaza após explosões na área fronteiriça

Tanques israelenses atacaram as posições dos combatentes palestinos em resposta à detonação de vários artefatos explodidos perto da patrulha do exército israelense na fronteira com Faixa de Gaza, comunicou o serviço de imprensa do exército de Israel.


Sputnik

A explosão não deixou vítimas entre soldados israelenses. Quanto à resposta, por enquanto não há informações disponíveis. 


Tanques israelenses perto da fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza (foto de arquivo)
Tanques israelenses na fronteira com a Faixa de Gaza © AFP 2018/ THOMAS COEX

"Pouco tempo atrás, foram detonados vários artefatos explosivos perto do cercado de segurança, na parte norte da Faixa de Gaza, não há informações sobre vítimas", lê-se no comunicado de militares.

"Em resposta, os tanques das Forças de Defesa de Israel atiraram contra postos do grupo terrorista Hamas", acrescentaram eles.

Israel considera o movimento islamita Hamas como responsável por todas as ações agressivas provenientes do enclave controlado pelo grupo, e exige que ele assegure a trégua entre todas as facções palestinas.

Em fevereiro, na área fronteiriça da Faixa de Gaza, a explosão de um dispositivo explosivo deixou quatro militares israelenses feridos. Por sua vez, Israel respondeu com bombardeiros massivos contra a infraestrutura dos combatentes palestinos, desde a última guerra no enclave em 2014.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas