Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

VÍDEO mostra fragata norueguesa afundando, tendo colidido após manobras da OTAN

A mídia divulgou novos vídeo e fotos da fragata norueguesa KMN Helge Ingstad, que colidiu com o navio petroleiro Sola TS junto à costa norueguesa em circunstâncias desconhecidas ao regressar das manobras da OTAN.
Sputnik

A fragata ficou com um grande rombo a estibordo atravessando a linha de água, sete marinheiros ficaram feridos. A tripulação abandonou o navio acidentado, que depois foi rebocado para águas menos profundas para evitar seu afundamento total.


Uns dias após o acidente (8), a fragata continua parcialmente acima da superfície da água, mas está completamente assente no fundo. Mais de 10 toneladas de combustível para helicópteros vazou para o mar.

Até o momento, não há nenhumas informações sobre o estado do armamento a bordo, incluindo mísseis de cruzeiro e antiaéreos, torpedos e artilharia.

O petroleiro Sola TS, por sua parte, não sofreu nenhum dano durante a colisão.

As razões do incidente estão sendo investigadas. Entre as possíveis causas estão a navegação da fragata em reg…

Liga Árabe exige à Turquia que retire as suas forças do Iraque

Organização pan-árabe defende que a retirada ocorra 'sem condições'


Pars Today

O Conselho da Liga Árabe exigiu nesta quarta-feira (7) à Turquia que retire imediatamente as "suas forças" do Iraque, por considerar que representam uma "violação da soberania iraquiana" e uma "ameaça à segurança nacional árabe".


Resultado de imagem para turquia iraque
Militares da Turquia patrulham região próxima à fronteira com o Iraque, onde rebeldes curdos lançaram série de ataques | Reprodução

A organização pan-árabe pede à Turquia que "não intervenha nos assuntos iraquianos e que suspenda esses atos provocadores, que prejudicam a confiança e ameaçam a estabilidade na região" do Médio Oriente.

Defende ainda que a retirada das tropas turcas deve ser feita "sem condições".

O exército turco tem em curso uma operação aérea no norte do Iraque, em zonas de fronteira com a Turquia.

Segundo Ancara, a operação tem como alvo militantes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, proibido na Turquia e que combate o Estado turco desde 1984).

A força aérea turca bombardeia, quase todas as semanas, posições de retaguarda do PKK no montanhoso norte do Iraque, geralmente num raio de cerca de 50 quilômetros da fronteira.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas