Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Militantes de Ghouta Oriental introduzem recolher obrigatório e impedem reuniões de civis

Os militantes de Ghouta Oriental introduziram o recolher obrigatório no período das pausas humanitárias e também impedem que os civis realizem reuniões de rua, informou aos jornalistas em 4 de março o representante do Centro para a Reconciliação na Síria russo, major-general Vladimir Zolotukhin.


Sputnik

"De acordo com informação obtida pelo Centro para a Reconciliação, os grupos armados de Ghouta Oriental introduziram o recolher obrigatório para a população local no período das pausas humanitárias. Os civis que violem as regras estabelecidas são sujeitos a punições públicas", disse.


Corredor humanitário entre Damasco e Ghouta Orienta, arquivo
Corredor humanitário entre Damasco e Ghouta Oriental © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

Zolotukhin acrescentou também que os militantes impedem os civis de se reunirem para evitar a sua possível fuga através do corredor humanitário.

A sexta pausa humanitária diária entrou em vigor em Ghouta Oriental às 09h00 (02h00, horário de Brasília) de 4 de março. Os militantes continuam detendo os moradores locais, impedindo que estes atravessem o corredor humanitário. Durante todo o período de pausas humanitárias, apenas duas crianças conseguiram fugir usando o corredor. Ontem (3) os militantes dispararam contra o corredor humanitário, ferindo três civis.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas