Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Militares russos ajudam civis sírios a saírem de Ghouta Oriental (VÍDEO)

Militares russos, juntamente com seus colegas sírios, estão ajudando os civis a saírem da região de Ghouta Oriental, que continua estando ocupada pelos militantes. Um representante do exército sírio comentou a situação à Sputnik.


Sputnik

Com o aumento do número de pessoas desejando abandonar Ghouta Oriental, os militares russos e sírios tomaram medidas adicionais para garantir a segurança. Os refugiados recebem abrigo, alimentos, assistência médica e tudo o que é necessário para uma vida normal.


Civis deixando a região de Ghouta Oriental através de um corredor humanitário
Civis deixando Ghouta Oriental © Sputnik/ Mikhail Alaeddin

"Os militares russos estão desempenhando um papel muito importante, realizando o controle de um número inesperadamente alto de refugiados saindo de Ghouta [Oriental]. A saída em massa de Ghouta é resultado do sucesso que o exército sírio teve no campo de batalha", disse à Sputnik Árabe um tenente-coronel do exército do país árabe.

A agência também falou com o soldado russo Vitaly que está servindo no momento em Ghouta Oriental. Ele afirma estar contente por cumprir sua tarefa ajudando os civis, milhares dos quais já conseguiram sair de sob controle dos terroristas.

Ghouta Oriental foi ocupada pelos militantes em 2012. De acordo com estatísticas do exército sírio, na área estão entre 10 e 12 mil militantes.

Atualmente, a região tem dois corredores humanitários funcionando para garantir a saída de civis e militantes. De acordo com o Centro Russo de Reconciliação na Síria, mais de 68.000 pessoas saíram de Ghouta Oriental desde a abertura de corredores humanitários.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas