Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Militares ucranianos perdem drone em Donbass

Militares ucranianos perderam contato com seu drone que estava realizando manobras de reconhecimento perto da linha de contato em Donbass, afirmou nesta sexta-feira (9) durante um briefing o representante oficial da Milícia Popular da República Popular de Lugansk, Andrei Marochko.


Sputnik

"Militares ucranianos, utilizando veículos aéreos não tripulados, intensificaram a vigilância ao longo da linha de contato, inclusive para ajustar o fogo de artilharia. Ontem (8), na área do povoado de Smeloe, durante um voo sobre nossas posições, foi realizada a aterrissagem forçada de um drone da brigada 58 das Forças Armadas da Ucrânia", assinalou Marochko.


Militar ucraniano lançando drone (imagem referencial)
Militar ucraniano lançando drone © AFP 2018/ Petro Zadorozhnyy

O representante militar detalhou que, segundo dados preliminares, na zona do povoado de Grechishkino está funcionando um sistema de guerra eletrônica devido ao qual os militares ucranianos acabaram perdendo a comunicação com o aparelho.

"Os voluntários comunicaram [nas redes sociais] que os militares ucranianos perderam contato com o drone devido ao sistema de supressão de sinais", revelou Marochko.

O funcionário recordou que a utilização nas proximidades da linha de contato em Donbass de drones, bem como de outros veículos aéreos, é proibida pelos Acordos de Minsk.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas