Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

China desenvolve 2 novos bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, diz inteligência americana

A Força Aérea da China, que já tem dois caças furtivos, está trabalhando em dois novos projetos de aviões furtivos de médio e longo alcance, informou um relatório da inteligência militar dos EUA.
Sputnik

Os fabricantes de aviões chineses estão envolvidos em dois projetos de bombardeiros furtivos ao mesmo tempo, informou a edição Aviation Week, citando um relatório da Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA.


A existência de um desses projetos, H-20 ou H-X, foi confirmada pela Força Aérea Chinesa em 2017. Entretanto, não foi divulgada nenhuma informação confiável sobre o segundo projeto.

De acordo com o Pentágono, o segundo projeto, designado JH-XX, envolve o desenvolvimento de um caça-bombardeiro de médio alcance. O avião será equipado com radar AESA, mísseis ar-ar e mísseis ar-terra. Os especialistas em inteligência militar estadunidense acreditam que essa aeronave entrará em serviço da Força Aérea chinesa não antes de 2025.

No desenvolvimento desses novos aviões de comba…

Militares ucranianos perdem drone em Donbass

Militares ucranianos perderam contato com seu drone que estava realizando manobras de reconhecimento perto da linha de contato em Donbass, afirmou nesta sexta-feira (9) durante um briefing o representante oficial da Milícia Popular da República Popular de Lugansk, Andrei Marochko.


Sputnik

"Militares ucranianos, utilizando veículos aéreos não tripulados, intensificaram a vigilância ao longo da linha de contato, inclusive para ajustar o fogo de artilharia. Ontem (8), na área do povoado de Smeloe, durante um voo sobre nossas posições, foi realizada a aterrissagem forçada de um drone da brigada 58 das Forças Armadas da Ucrânia", assinalou Marochko.


Militar ucraniano lançando drone (imagem referencial)
Militar ucraniano lançando drone © AFP 2018/ Petro Zadorozhnyy

O representante militar detalhou que, segundo dados preliminares, na zona do povoado de Grechishkino está funcionando um sistema de guerra eletrônica devido ao qual os militares ucranianos acabaram perdendo a comunicação com o aparelho.

"Os voluntários comunicaram [nas redes sociais] que os militares ucranianos perderam contato com o drone devido ao sistema de supressão de sinais", revelou Marochko.

O funcionário recordou que a utilização nas proximidades da linha de contato em Donbass de drones, bem como de outros veículos aéreos, é proibida pelos Acordos de Minsk.


Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas