Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Por meio do Egito, Hamas pede a Israel que cesse fogo na Faixa de Gaza

O movimento Hamas pediu a Israel que cesse fogo por meio da mediação egípcia e prometeu interromper os confrontos na fronteira como parte do acordo, disse uma fonte política israelense à Sputnik.
Sputnik

"O Hamas teve um grande golpe ontem e o movimento pediu um cessar-fogo através do Egito, prometendo interromper o 'terror incendiário e nas cercas fronteiriças'", disse a fonte.

Segundo a mesma pessoa, Israel considera o Egito como fiador da implementação do cessar-fogo.

"Os egípcios são os garantidores nesta questão, mas em qualquer caso, o desenvolvimento da situação dependerá de ações reais. Se o Hamas violar o cessar-fogo, pagará um preço ainda maior", acrescentou a fonte.

Esses arranjos foram alcançados após bombardeios maciços das instalações do Hamas no enclave, que se seguiram ao assassinato de um soldado israelense na sexta-feira.

Este foi o segundo cessar-fogo entre Israel e o Hamas, coordenado pelo Egito nas últimas duas semanas. No último sábado, a Fo…

Ministro da Defesa britânico: 'Rússia deve ir embora e se calar'

Gavin Williamson, ministro britânico da Defesa, comentou possíveis medidas de retaliação de Moscou à expulsão de 23 diplomatas russos do Reino Unido.


Sputnik

"Vamos fazê-lo [introduzir medidas anunciadas] e vamos ver como a Rússia responderá. Trata-se de um ato extremamente cruel e desonroso realizado pela Rússia em Salisbury. Nós respondemos a ela. Francamente, a Rússia deve ir embora e se calar", declarou Williamson em Bristol.


Secretário de Defesa do Reino Unido, Gavin Williamson
Gavin Williamson, ministro britânico da Defesa © REUTERS/ Simon Dawson

Williamson assinalou também que Londres avaliará atenciosamente as medidas de resposta russas.

"Seria incorreto avaliar resposta [da Rússia] com antecedência", acrescentou.

Em 14 de março, a primeira-ministra britânica, Theresa May, acusou a Rússia de se envolver no envenenamento do ex-expião Sergei Skripal e de sua filha Yulia. Por sua vez, Moscou desmente quaisquer acusações, sugerindo, além do mais, realização de uma investigação conjunta do incidente com Londres.

De fato, Theresa May ignorou as afirmações de Moscou e nesta quarta-feira (14) anunciou a introdução de um pacote de medidas contra a Rússia. Assim, Londres exigiu expulsão de 23 diplomatas russos, sem contar na suspensão de todos os contatos bilaterais. Além disso, o país retirará o convite ao chanceler russo, Sergei Lavrov, para visitar a capital britânica.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas