Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Empresa chinesa faz peças para F-35? Revelação surge em meio a polêmicas envolvendo Huawei

Em meio à briga contínua entre os EUA e a gigante tecnológica chinesa Huawei, classificada como ameaça à segurança por Washington, verificou-se que uma subsidiária com sede no Reino Unido de uma companhia chinesa fabrica peças para os jatos americanos F-35.
Sputnik

Trata-se da companhia chinesa Exception PCB, com sede no condado britânico de Gloucestershire, que fabrica placas de circuitos que controlam os motores, iluminação, combustível e sistemas de navegação dos caças F-35 – o sistema de armas mais caro já feito.

De acordo com a emissora britânica Sky, citando materiais divulgados pelo Ministério da Defesa do Reino Unido, a empresa que fabrica componentes para os caças da Lockheed Martin foi comprada em 2013 pela companhia chinesa Shenzhen Fastprint, que inclusive já participou da fabricação de caças Eurofighter Typhoon e de helicópteros de ataque Apache.

"A Exception PCB, com sede em Gloucestershire, fabrica placas de circuito impresso que controlam muitas das principais capacid…

Míssil Brahmos com ‘seeker’ indiano é testado com sucesso

A Índia testou com sucesso sua arma de precisão BrahMos, como é chamado o míssil de cruzeiro supersônico mais rápido do mundo.


The Times of India | Poder Aéreo

NOVA DELI – Às 8h42 do dia 22 de março, o BrahMos atingiu seu alvo designado com precisão em Pokhran, Rajasthan.

Sukhoi Su-30 testando o Brahmos

“O formidável míssil de cruzeiro BrahMos foi testado com sucesso em voo às 8h42 de hoje na área de testes de Pokhran, Rajasthan. A arma de ataque de precisão com “seeker” indiano voou em sua trajetória designada e atingiu o alvo com grande precisão, twittou o Ministério da Defesa.

A ministra da Defesa, Nirmala Sitharaman, parabenizou a Organização de Pesquisa e Desenvolvimento de Defesa (DRDO) pelo sucesso dp teste e disse que será um novo impulso para a segurança do país.

O teste de voo vem na esteira de outro grande marco de novembro passado, quando o Brahmos foi testado com sucesso pela primeira vez a partir do jato de combate Sukhoi Su-30 MKI da Força Aérea Indiana.

O BrahMos tornou-se a arma de ataque convencional de precisão preferida para as forças armadas indianas. O elegante míssil de cruzeiro supersônico voa a Mach 2,8, quase três vezes velocidade do som. As forças armadas já introduziram as versões terrestre e naval dos mísseis BrahMos de 290 km de alcance na última década.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas