Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Analista: entrega de dados de Israel sobre abate de Il-20 significa muito para Rússia

O comandante da Força Aérea Israelense, Amikam Norkin, forneceu ao Ministério da Defesa da Rússia dados sobre o incidente com o avião russo Il-20 na Síria. Israel demonstra que não pretende perder a cooperação estabelecida com a Rússia, disse o analista político Stanislav Tarasov durante uma entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik.
Sputnik

Além destas informações sobre o abate da aeronave, Israel também avisou sobre "as tentativas do Irã de fortalecer sua posição na Síria e entregar armas estratégicas ao Hezbollah". Os militares observaram que é necessário continuar coordenando as ações na Síria, ressaltando a importância de respeitar os interesses dos dois países.

O avião russo Il-20 foi abatido sobre o mar Mediterrâneo no dia 17 de setembro, a 35 quilômetros da costa síria, por um míssil do sistema antiaéreo S-200 da Síria, resultando na morte de 15 militares.

Ao mesmo tempo, quatro caças F-16 atacaram instalações sírias em Latakia. De acordo com o Ministério da Defesa da…

Moscou: EUA de fato instigaram Turquia a iniciar operação militar em Afrin

Os EUA, fornecendo as armas mais modernas aos curdos, de fato impeliram a Turquia a realizar a operação militar na cidade síria de Afrin, disse em entrevista à Sputnik o secretário assistente do Conselho de Segurança da Rússia para a Segurança Internacional, Aleksandr Venediktov.


Sputnik

"Os curdos são literalmente atulhados com as armas mais modernas [norte-americanas]. As remessas de armas modernas e incentivos aos ânimos separatistas entre os curdos de fato provocaram a operação militar por parte da Turquia na região de Afrin", afirmou o interlocutor da agência.


Rebelde sírio apoiado pela Turquia em um posto de controle na cidade síria de Azaz
Rebelde sírio apoiado pela Turquia em Azaz, Síria © AFP 2018/ OZAN KOSE

Em 20 de janeiro, o Estado-Maior General da Turquia anunciou o início da operação Ramo de Oliveira contra as formações curdas em Afrin. Damasco condenou decisivamente as ações da Turquia, notando que esse território é parte integrante da Síria.

Por sua vez, Moscou apelou a todas as partes a respeitarem a integridade territorial da Síria.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas