Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Novo corte na verba do PROSUB preocupa Comando da Marinha do Brasil

O Comandante da Marinha, almirante de esquadra Eduardo Leal Ferreira, está seriamente preocupado com as consequências negativas de um novo e importante corte nos recursos do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), previstos para o orçamento de 2019.
Por Roberto Lopes e Alexandre Galante | Poder Naval

O Programa, cujos termos foram ajustados em 2009, estabelece a produção, no complexo industrial naval de Itaguaí (RJ), de quatro submarinos de ataque convencionais (propulsão diesel-elétrica) da classe Scorpène, e a assistência técnica francesa para a construção do primeiro submarino nuclear brasileiro.

O primeiro submarino convencional, batizado Riachuelo, deve ser lançado ao mar na manhã da quarta-feira 12 de dezembro.

Em novembro de 2016, reunido com lideranças da Base Industrial de Defesa, em São Paulo, o então ministro da Defesa, Raul Jungmann, estimou o valor total do investimento brasileiro no PROSUB em 30 bilhões de Reais.

O Poder Naval não teve acesso aos valores da reduçã…

'Orçamento militar norte-americano supera 10 vezes o russo'

O orçamento militar dos EUA é dez vezes maior do que o russo e tem como objetivo vencer a guerra, declarou na entrevista à Sputnik o assistente do secretário do Conselho de Segurança da Rússia para a Segurança Internacional, Aleksandr Venediktov.


Sputnik

A Administração dos EUA submeteu para consideração o projeto do orçamento para o ano financeiro de 2019, que vai começar em 1º de outubro de 2018. Segundo o documento, o presidente norte-americano, Donald Trump pediu cerca de 700 bilhões de dólares (mais de 2 trilhões de reais) para as despesas militares. Desta soma, 24 bilhões de dólares (77 bilhões de reais) devem ser destinados para modernização da tríade nuclear, e 6 bilhões (19 bilhões de reais) — para os sistemas de defesa antimíssil.


Navios de guerra do Japão, EUA e Índia durante os primeiros exercícios navais conjuntos no oceano Pacífico (foto de arquivo)
Navios de guerra do Japão, EUA e Índia © AFP 2018/ JIJI PRESS

"No que se refere ao orçamento militar dos EUA, ele supera o russo em mais de dez vezes e visa precisamente resolver o objetivo-chave da estratégia nacional — alcançar o nível da preparação militar e equipamento técnico das Forças Armadas para que seja possível vencer em um conflito de grande escala", concluiu o político.

Além disso, Venediktov frisou que tais artigos sobre as despesas como a "contenção da agressão na Europa" causam perplexidade, bem como o financiamento das formações de uma "oposição moderada na Síria", concluiu.


Postar um comentário

Postagens mais visitadas