Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Seul celebra decisão de Pyongyang em suspender testes nucleares e de mísseis

Presidente sul-coreano Moon Jae-in e o líder norte-coreano Kim Jong-un irão se encontrar na próxima sexta-feira (27).
EFE

O governo da Coreia do Sul qualificou neste sábado (21) como um "progresso significativo" para a desnuclearização da Coreia do Norte a decisão do regime de Pyongyang de suspender os seus testes atômicos e de mísseis, assim como o fechamento de seu centro de testes nucleares.

Em um comunicado enviado pelo gabinete presidencial sul-coreano, Seul considerou que "a decisão da Coreia do Norte é significativa para a desnuclearização da península coreana" e disse, além disso, que "ajudará a criar um ambiente muito positivo para o sucesso das próximas cúpula intercoreana e entre o Norte e Estados Unidos".

O governo sul-coreano se comprometeu em preparar o iminente encontro entre seu presidente, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, previsto para o próximo dia 27, de modo a "liderar o caminho para a desnuclearização e paz duradour…

Presidente palestino chama embaixador dos EUA em Israel de 'filho de um cachorro'

Liderança palestina critica David Friedman por sua posição a favor da colonização israelense.


France Presse


O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, disse nesta segunda-feira (19) que o embaixador dos Estados Unidos em Israel, David Friedman, é "filho de um cachorro".

Presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Mahmud Abbas, em imagem de arquivo (Foto: REUTERS/Mike Segar)
Presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) Mahmud Abbas, em imagem de arquivo (Foto: REUTERS/Mike Segar)

"O embaixador dos Estados Unidos em Tel Aviv é um colono e o filho de um cachorro", afirmou Abbas, durante uma reunião com líderes palestinos em Ramallah.

David Friedman é criticado pela liderança palestina por sua posição a favor da colonização israelense.

Anteriormente advogado de Donald Trump, Friedman assumiu o cargo em maio de 2017 e também é um fervoroso defensor das medidas dos EUA de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e transferir a embaixada americana em Israel de Tel Aviv para Jerusalém.

Friedman respondeu aos comentários de Abbas em uma conferência em Jerusalém: "Antisemitismo ou discurso político? Não vou julgar. Eu deixo tudo para vocês".

Atentado contra premiê palestino


Também nesta segunda, Abbas acusou abertamente o Hamas de estar por trás do atentado com bomba na semana passada contra o primeiro-ministro da Autoridade Palestina, Rami Hamdallah, e anunciou futuras sanções contra o movimento islâmico

O comboio de Rami Hamdallah foi alvo de um atentado a bomba em 13 de março durante uma rara visita na Faixa de Gaza, governada pelo Hamas. O primeiro-ministro da Autoridade Palestina saiu ileso.

Postar um comentário