Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Prestes a 'ganhar' território do tamanho da Arábia Saudita, Brasil carece de recursos para defesa

A ONU deve ratificar no próximo mês, o pleito brasileiro em estender sua faixa de águas jurisdicionais em pelo menos 2,1 milhões de km², uma área equivalente à extensão da Arábia Saudita. Para especialista ouvido pela Sputnik Brasil, movimento precisa vir acompanhado de modernização da Marinha.
Sputnik

Como a Sputnik Brasil mostrou em maio, a demanda já dura há pelo menos 30 anos e tem relação com medições técnicas sobre o ponto onde termina o Brasil continental e até onde é lícito explorar as águas do entorno. O mar territorial brasileiro têm atualmente cerca de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) na faixa de água e uma zona econômica exclusiva de 200 milhas náuticas (370 quilômetros). Na parte de solo e sub-solo, área na qual o Brasil pleiteia a extensão, há um limite de mais 200 milhas regulamentadas.

Responsável pela proteção da área oceânica, a Marinha brasileira vem desenvolvendo pesquisas na região desde 2004. Os militares já identificaram potencial possibilidade de exploração de …

Príncipe saudita crê que presença militar dos EUA na Síria é necessária

O príncipe herdeiro e ministro da Defesa da Arábia Saudita, Mohammad bin Salman, declarou que a presença militar norte-americana na Síria é necessária, informa a revista Time.


Sputnik

"Consideramos que as tropas norte-americanas devem ficar em uma perspectiva de médio prazo no mínimo, ou mesmo de longo prazo", disse Mohammad bin Salman. Segundo ele, a retirada das forças militares dos EUA do país significaria a perda de um ponto de controle muito importante na Síria.


Um combatente norte-americano, que está lutando ao lado das Forças Democráticas da Síria, segura bandeira do seu país
Militar norte-americano junto a terroristas na Síria © REUTERS/ Rodi Said

"Este corredor poderia fazer muito pela região", declarou o príncipe em entrevista.

Conforme nota a edição, atualmente na Síria servem cerca de 2 mil militares norte-americanos.

Antes, o presidente dos EUA, Donald Trump, discursando em Ohio, ressaltou mais uma vez que os EUA vão sair da Síria "muito em breve" e "os outros que cuidem disso" (da Síria). Tais declarações foram feitas ainda no decorrer da campanha eleitoral dele, contudo os militares dos EUA continuam na Síria sem autorização de Damasco oficial.


Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas