Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Poloneses pedem a Trump ajuda para conseguir indenização da Rússia e Alemanha pela 2ª Guerra

Um auto-proclamado "partido bíblico antiglobalista" pró-EUA e pró-Israel da Polônia, que se autodenomina "Movimento 11 de novembro", criou uma petição no site We the People da Casa Branca pedindo ao presidente Donald Trump ajude a obter "compensação adequada" da Rússia e da Alemanha por danos causados ​​na Segunda Guerra Mundial.
Sputnik

"Os poloneses livres estão apelando para os EUA, o vencedor na Segunda Guerra Mundial e o fiador dos acordos do pós-guerra, para obter ajuda na recuperação das reparações de guerra da Alemanha e da Rússia", diz a petição.


Além de alcançar a "justiça histórica", uma campanha de reparações bem-sucedida desempenharia "um papel fundamental na Polônia, tornando-se um forte aliado dos Estados Unidos diante da ameaça que surge na Europa e na Ásia — um novo Império do Mal".

Falando ao The New American, uma pequena revista de propriedade da John Birch Society, o co-autor e vice-presidente do Movimento 11…

Protestos em apoio ao Exército Sírio e contra militantes emergem em Ghouta (VIDEO)

Os sírios em partes em Ghouta Oriental têm protestado contra militantes, pedindo-lhes que saiam da área e permitam a entrada do Exército Sírio. As manifestações foram realizadas em áreas recentemente liberadas e partes do leste de Ghouta, que ainda estão sob o controle de militantes islâmicos radicais.


Sputnik

Novas filmagens divulgadas em redes sociais hoje mostraram protestos anti-também militância e pró-governo em Ghouta Oriental.


Pessoas de várias cidades de Ghouta Oriental estão demonstrando em Al-Ghzalaniyah apoio ao movimento de seus pais em outras cidades de Ghouta no controle dos terroristas | Hassan Ridha

Dezenas de civis reuniram-se na cidade de Hamouriyah — que, segundo notícias, ainda está sob o controle de militantes — no início de hoje, acenando bandeiras sírias improvisadas e cantando slogans anti-militantes.

As forças pró-governo, lideradas pela quarta divisão blindada do exército sírio e pela Guarda Republicana, estão avançando para a área depois de repelir com sucesso um contra-ataque militante e, posteriormente, aproveitando fazendas próximas.

Protestos semelhantes também ocorreram há poucas horas na cidade de Kafr Batna, que está sob o controle de militantes.

Além disso, uma manifestação pró-governo em larga escala foi realizada na aldeia recentemente liberada de al-Ghizlaniyah, pedindo aos militantes que se rendissem e permitirem que civis deixassem outras partes do leste de Ghouta.

O Exército Sírio começou a mobilizar tropas, armaduras e artilharia no mês passado, na preparação da operação Escudo de Damasco — e liberaram mais de 50% de Ghouta Oriental em cerca de duas semanas.

Os terroristas também bombardearam áreas controladas pelo governo de Damasco, resultando em centenas de vítimas civis e fechamentos de escolas. Milhares de pessoas fugiram para a região costeira temendo pelas suas vidas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas