Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Chefe da ONU diz que é essencial evitar escalada de tensões no Irã

O chefe da Organização das Nações Unidas (ONU), Antonio Guterres, alertou neste domingo que é essencial evitar “qualquer forma de escalada” das tensões no Golfo, em meio a temores de um conflito após a derrubada de um drone norte-americano pelo Irã na semana passada.
Por Catarina Demony | Reuters

LISBOA (Reuters) - “O mundo não pode permitir um grande confronto no Golfo”, disse Guterres, nos bastidores da Conferência Mundial de Ministros Responsáveis pela Juventude, em Lisboa . “Todos devem manter nervos de aço.”

Na quinta-feira, um míssil iraniano destruiu um drone de vigilância dos EUA, em um incidente que o governo norte-americano disse que aconteceu no espaço aéreo internacional.

Trump disse mais tarde que ordenou o cancelamento de um ataque militar em retaliação pela ação que poderia ter resultado em 150 mortes.

Teerã repetiu no sábado que o drone foi abatido sobre seu território e disse que responderia com firmeza a qualquer ameaça dos EUA.

Os comentários de Guterres vêm um dia depois…

Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão

Elas estavam reunidas em um comboio da Otan. Outras 16 pessoas ficaram feridas.


France Presse


Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse. Ainda, outras 16 pessoas ficaram feridas em um atentado suicida perto do aeroporto de Kandahar (sul).

Resultado de imagem para Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão
Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse.

Entre os feridos, estão cinco soldados romenos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dois policiais afegãos, afirmou o porta-voz do governador da província de Kandahar, Said Aziz Ahmad Azizi.

O contingente romeno da operação "Resolute Support" está encarregado da segurança do aeroporto de Kandahar, apontou.

"O comboio estava no povoado de Abdullh, perto do aeroporto, quando um homem-bomba se detonou contra os veículos em torno dos quais muitas crianças se aglomeravam", informou.

O assessor de imprensa da sede da Polícia de Kandahar, Qasim Afghan, confirmou este balanço e disse que o ataque ocorreu às 11h locais (3h30 em Brasília).

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Antes, também pela manhã, um duplo atentado suicida em Cabul reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) matou pelo menos 25 pessoas, entre elas um fotógrafo da AFP e outros cinco jornalistas.

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas