Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Especialista: exército sírio deteve 300 militares franceses de diversas patentes

O presidente Vladimir Putin, em conversa com o presidente sírio Bashar Assad, em Sochi, declarou que, devido ao sucesso da luta antiterrorista das forças sírias e ao início do processo político, as tropas estrangeiras deveriam se retirar do território da Síria.
Sputnik

"A declaração de Vladimir Putin durante seu encontro com Bashar Assad, sobre a necessidade da retirada dos contingentes estrangeiros da Síria, arruína os sonhos dos agressores, que contam com a tentativa de realizar seus objetivos na região através de mercenários criminosos", disse à Sputnik Árabe Akram al Shalli, analista da Gestão Síria de Crise e Guerras Preventivas.

"Nas mãos do exército sírio há oficiais dos serviços de inteligência dos EUA, Grã-Bretanha, países árabes e Israel. Por exemplo, só o número de militares franceses de diversos escalões é de 300 pessoas. Notamos tentativas de exercer pressão sobre o governo sírio, inclusive para libertar os militares estrangeiros presos. Mas esses sonhos não p…

Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão

Elas estavam reunidas em um comboio da Otan. Outras 16 pessoas ficaram feridas.


France Presse


Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse. Ainda, outras 16 pessoas ficaram feridas em um atentado suicida perto do aeroporto de Kandahar (sul).

Resultado de imagem para Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão
Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse.

Entre os feridos, estão cinco soldados romenos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dois policiais afegãos, afirmou o porta-voz do governador da província de Kandahar, Said Aziz Ahmad Azizi.

O contingente romeno da operação "Resolute Support" está encarregado da segurança do aeroporto de Kandahar, apontou.

"O comboio estava no povoado de Abdullh, perto do aeroporto, quando um homem-bomba se detonou contra os veículos em torno dos quais muitas crianças se aglomeravam", informou.

O assessor de imprensa da sede da Polícia de Kandahar, Qasim Afghan, confirmou este balanço e disse que o ataque ocorreu às 11h locais (3h30 em Brasília).

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Antes, também pela manhã, um duplo atentado suicida em Cabul reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) matou pelo menos 25 pessoas, entre elas um fotógrafo da AFP e outros cinco jornalistas.

Postar um comentário