Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Executiva da Huawei deixa a prisão após pagar fiança no Canadá; ex-diplomata canadense é preso na China

Justiça aceitou pedido da chinesa, que foi detida a pedido dos Estados Unidos e corria risco de extradição. Fiança estipulada fixada em US$ 7,5 milhões.
Por G1

A diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou, foi solta nesta quarta-feira (12) depois de passar 11 dias presa no Canadá.

A executiva teve aceito o pedido de liberdade condicional, por um juiz canadense. O valor da fiança foi fixado em 10 milhões de dólares canadenses (US$ 7,5 milhões).

Meng saiu da prisão poucas horas depois da ordem do juiz, informou o canal Global News.

"O risco de que não se apresente perante o tribunal (para uma audiência de extradição) pode ser reduzido a um nível aceitável, impondo as condições de fiança propostas por seu assessor", disse o juiz, aplaudido na sala do tribunal pelos partidários da empresa chinesa, informa a France Presse.

As condições de libertação incluem a entrega de seus dois passaportes, que permaneça em uma de suas residências de Vancouver e use tornozeleira eletrônica. Além dis…

Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão

Elas estavam reunidas em um comboio da Otan. Outras 16 pessoas ficaram feridas.


France Presse


Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse. Ainda, outras 16 pessoas ficaram feridas em um atentado suicida perto do aeroporto de Kandahar (sul).

Resultado de imagem para Atentado de homem-bomba mata 11 crianças no sul do Afeganistão
Cerca de 11 crianças reunidas em torno de um comboio da Otan morreram nesta segunda-feira (30), disseram fontes oficiais à agência France Presse.

Entre os feridos, estão cinco soldados romenos da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dois policiais afegãos, afirmou o porta-voz do governador da província de Kandahar, Said Aziz Ahmad Azizi.

O contingente romeno da operação "Resolute Support" está encarregado da segurança do aeroporto de Kandahar, apontou.

"O comboio estava no povoado de Abdullh, perto do aeroporto, quando um homem-bomba se detonou contra os veículos em torno dos quais muitas crianças se aglomeravam", informou.

O assessor de imprensa da sede da Polícia de Kandahar, Qasim Afghan, confirmou este balanço e disse que o ataque ocorreu às 11h locais (3h30 em Brasília).

A autoria do ataque ainda não foi reivindicada.

Antes, também pela manhã, um duplo atentado suicida em Cabul reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI) matou pelo menos 25 pessoas, entre elas um fotógrafo da AFP e outros cinco jornalistas.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas