Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Oficial do Hezbollah: nossos mísseis podem atingir qualquer ponto de Israel

O Hezbollah é capaz de atingir qualquer ponto em Israel com seus mísseis, disse Sheikh Naim Qassem, secretário-geral adjunto do movimento libanês Hezbollah em entrevista ao jornal iraniano al-Vefagh.
Sputnik

"Não há um único ponto nos territórios ocupados fora do alcance dos mísseis do Hezbollah", disse Qassem.


Segundo o alto funcionário, os mísseis servem para impedir Israel de iniciar outra guerra com o Líbano, expondo a "frente israelense".

Qassem comentou também a guerra na Síria, onde o Hezbollah desempenhou um papel ativo na assistência ao governo sírio contra vários agrupamentos terroristas, incluindo o Daesh e Frente al-Nusra (grupos terroristas proibidos na Rússia). O funcionário elogiou as vitórias alcançadas contra os terroristas, mas criticou os EUA por sua suposta obstrução ao processo de paz.

As tensões entre Tel Aviv e o movimento libanês xiita Hezbollah aumentaram em 4 de dezembro depois que as tropas israelenses lançaram a operação Northern Shield, dest…

Avançados caças F-35 continuam perdendo combates com F-15 dos anos 70 em exercícios

Caças F-35 de quinta geração da empresa norte-americana Lockheed Martin continuam perdendo em combates aéreos contra caças de quarta geração produzidos ainda nos anos 1970.


Sputnik

Um piloto de caça F-15 Eagle, estacionado na Base Aérea de Kadena, no Japão, contou à edição Defense News que o F-35 "às vezes" é vencido durante treinamentos. Em novembro passado, à base chegaram 12 F-35A juntamente com 300 aviadores que realizam diariamente voos de treinamento.


Caça norte-americano F-35
CC BY-SA 2.0 / mashleymorgan / Aircraft_Fighter_Jet_F-35

"Quero dizer, às vezes acontece", disse o capitão Brock McGehee em resposta à pergunta se os caças F-15 ainda conseguem derrotar os avançados F-35.

"Parte disso se deve à aeronave e parte ao homem no avião. Temos aqui alguns pilotos muito talentosos que são capazes de vencer em um combate aéreo contra muitos outros. Um piloto que compreende muito bem sua aeronave e tem muita habilidade nisso é muito letal, independentemente do avião, então é possível", explicou o militar.

Deixando de lado a questão da habilidade dos pilotos, o F-35 tem reputação de ter problemas em lutar contra aviões mais antigos da Força Aérea dos EUA. Responsáveis militares e o fabricante, Lockheed Martin, tentam frequentemente sublinhar sua capacidade de ataque ao solo e, claro, suas caraterísticas furtivas.

Há três anos, em 2015, um piloto de testes estadunidense partilhou em um artigo do portal War is Boring sua experiência de voo em um F-35, afirmando que este "tinha claras desvantagens" durante um combate aéreo simulado contra um avião inimigo.

Postar um comentário

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas