Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Super Tucano em teste pela Força Aérea dos EUA sofre acidente

Queda sem causa ainda definida é má notícia para a fabricante brasileira, que disputa concorrência com americanos
Igor Gielow | Folha de S.Paulo

Um turboélice A-29 Super Tucano, fabricado pela Embraer, caiu durante um exercício de ataque leve conduzido pela Força Aérea dos EUA em um campo de provas do Novo México, na sexta (22).

Dois tripulantes conseguiram se ejetar. Segundo comunicado da base de Holloman, um dele se feriu levemente e foi medicado, enquanto não há detalhes do estado do segundo. A causa do acidente não foi divulgada.

O avião participa da fase final da competição para fornecimento de aviões leves para missões de ataque a solo e reconhecimento. Inicialmente, os EUA querem adquirir 15 unidades, para depois expandir a até 120. Elas servirão para substituir o famoso A-10 Warthog (Javali, em inglês), um modelos subsônico a jato fortemente armado e blindado que opera desde 1977.

Os americanos estão procurando opções mais econômicas para a missão. Enquanto um A-10 tem sua hora-voo…

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

Uma operação para desarmar uma bomba da Segunda Guerra Mundial em Bolonha, no norte da Itália, provocou a evacuação de 9,4 mil pessoas neste domingo (8) - todas as que residem em um raio de 800 metros do local do explosivo.


Pars Today

O artefato, de fabricação britânica, pesa 213 quilos e foi encontrado em um canteiro de obras na capital da Emília-Romana. O trabalho do esquadrão antibombas começou durante a manhã e só terminou por volta de 17h40 (horário local), quando os cidadãos puderam voltar para suas casas. 

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

O explosivo deve ser removido nesta segunda-feira (9) para uma pedreira, onde será detonado. "Gostaria de agradecer sobretudo aos cidadãos, que suportaram uma espera mais longa do que se previa", declarou o secretário de Proteção Civil de Bolonha, Alberto Aitini.

A descoberta de bombas da Segunda Guerra Mundial é algo relativamente comum na Itália. A última havia sido achada em março passado, em Fano, na costa leste do país, e a operação de remoção do artefato, também de fabricação britânica, forçou a evacuação de 23 mil pessoas. (ANSA)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas