Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Marinha da Argentina fala sobre localização do submarino ARA San Juan

Embarcação desaparecida há 1 ano foi localizada neste sábado a 907 metros de profundidade. Ainda não há previsão de início dos trabalhos de resgate. 'Não temos meios para resgatar o submarino', diz ministro.
Por G1

A Marinha da Argentina informou neste sábado (17) que o submarino ARA San Juan, que sumiu há 1 ano com 44 tripulantes, foi encontrado a 907 metros de profundidade em uma área de "visibilidade bastante reduzida", e que a embarcação sofreu uma "implosão" no fundo das águas do Oceano Atlântico.

Segundo Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, a proa, a popa e a vela se desprenderam do submarino e estão localizadas em uma área de 80 a 100 metros. “Isso sugere que a implosão tenha ocorrido muito perto do fundo”, disse.

Segundo a Marinha, as imagens mostram que o casco do submarino permaneceu bastante intacto, apenas com algumas deformações, e que todas as outras partes se desprenderam. A implosão teria ocorrido em razão da pressão externa do mar ter superado …

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

Uma operação para desarmar uma bomba da Segunda Guerra Mundial em Bolonha, no norte da Itália, provocou a evacuação de 9,4 mil pessoas neste domingo (8) - todas as que residem em um raio de 800 metros do local do explosivo.


Pars Today

O artefato, de fabricação britânica, pesa 213 quilos e foi encontrado em um canteiro de obras na capital da Emília-Romana. O trabalho do esquadrão antibombas começou durante a manhã e só terminou por volta de 17h40 (horário local), quando os cidadãos puderam voltar para suas casas. 

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

O explosivo deve ser removido nesta segunda-feira (9) para uma pedreira, onde será detonado. "Gostaria de agradecer sobretudo aos cidadãos, que suportaram uma espera mais longa do que se previa", declarou o secretário de Proteção Civil de Bolonha, Alberto Aitini.

A descoberta de bombas da Segunda Guerra Mundial é algo relativamente comum na Itália. A última havia sido achada em março passado, em Fano, na costa leste do país, e a operação de remoção do artefato, também de fabricação britânica, forçou a evacuação de 23 mil pessoas. (ANSA)

Postar um comentário

Postagens mais visitadas