Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Análise: Brasil poderia se tornar 'vigilante' dos EUA na América Latina

O presidente norte-americano, Donald Trump, referiu a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN. O analista russo Pavel Feldman avaliou a possibilidade de entrada do Brasil na aliança, bem como que papel poderia desempenhar o Brasil no conflito na Venezuela.
Sputnik

Durante a visita oficial do presidente do Brasil Jair Bolsonaro aos EUA, foram discutidos os assuntos internacionais mais importantes, entre eles a cooperação bilateral entre os EUA e o Brasil e a situação na Venezuela.


Uma das declarações mais sensacionais foi a possibilidade de entrada do Brasil na OTAN, referida pelo presidente dos EUA Donald Trump.

O vice-diretor do Instituto de Estudos Estratégicos e Prognósticos da Universidade Russa da Amizade dos Povos, Pavel Feldman, revelou em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik que os EUA são apenas um dos países da OTAN, há outros países cuja opinião deveria ser levada em conta nesse assunto.

Segundo ele, se o Brasil aderir à OTAN ele vai desempenhar o papel de vigilante d…

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

Uma operação para desarmar uma bomba da Segunda Guerra Mundial em Bolonha, no norte da Itália, provocou a evacuação de 9,4 mil pessoas neste domingo (8) - todas as que residem em um raio de 800 metros do local do explosivo.


Pars Today

O artefato, de fabricação britânica, pesa 213 quilos e foi encontrado em um canteiro de obras na capital da Emília-Romana. O trabalho do esquadrão antibombas começou durante a manhã e só terminou por volta de 17h40 (horário local), quando os cidadãos puderam voltar para suas casas. 

Bomba da Segunda Guerra evacua quase 10 mil pessoas na Itália

O explosivo deve ser removido nesta segunda-feira (9) para uma pedreira, onde será detonado. "Gostaria de agradecer sobretudo aos cidadãos, que suportaram uma espera mais longa do que se previa", declarou o secretário de Proteção Civil de Bolonha, Alberto Aitini.

A descoberta de bombas da Segunda Guerra Mundial é algo relativamente comum na Itália. A última havia sido achada em março passado, em Fano, na costa leste do país, e a operação de remoção do artefato, também de fabricação britânica, forçou a evacuação de 23 mil pessoas. (ANSA)

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas