Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Rússia testará novo avião de transporte militar até o final do ano

Il-112V deverá substituir modelos soviéticos An-24 e An-26, considerados obsoletos.
Nikolai Litôvkin | Russia Beyond

A nova aeronave de transporte militar Il-112V completou os testes de fábrica e está sendo preparada para o primeiro voo, que está previsto para o final de 2018.


Caso os testes sejam bem sucedidos, o Il-112V substituirá nas Forças Armadas russas os modelos An-24 e An-26, desenvolvidos no início dos anos 1960.

O Ilyushin Il-112 é um avião de transporte militar leve de asa alta que está sendo desenvolvido pela Ilyushin Aviation Complex para transporte de cargas militares, equipamentos e pessoal.

Sua capacidade de carga máxima "útil" a bordo será de até cinco toneladas.

Os projetistas pretendem desenvolver duas versões do avião: uma com hangares estendidos para o transporte de equipamentos militares, carga e soldados; e outra, civil, para o transporte de passageiros e carga leve.

O Il-112V é um monoplano com configuração aerodinâmica tradicional e dois poderosos motores…

Caças da OTAN levantam voo para escoltar avião russo sobre mar Báltico

Aeronaves da OTAN, que estão exercendo regularmente missões de patrulhamento e reconhecimento sobre o mar Báltico, teriam levantado voo uma vez na semana passada para escoltar aviões russos.


Sputnik

Previamente, o Ministério da Defesa da Rússia declarou que todos os voos das aeronaves russas são realizados em conformidade com as regras internacionais do uso do espaço aéreo sobre águas neutras, sem violar fronteiras de outros Estados.


Resultado de imagem para ilyushin il-20
Ilyushin Il-20M | Reprodução

"De 16 a 22 de abril, os caças da Força Aérea da OTAN, que estão exercendo regularmente missões de patrulhamento e reconhecimento sobre o mar Báltico, teriam levantado voo uma vez para escoltar aviões militares russos", diz o comunicado do Ministério da Defesa da Lituânia.

Segundo dados do ministério russo, em 16 de abril, os caças da OTAN detectaram e escoltaram avião russo Il-20 que estava em trajeto do território principal da Rússia para seu enclave — região de Kaliningrado.

O comunicado também destaca que "a aeronave voou com o transponder desligado, com plano de voo apresentado com antecedência, já a tripulação manteve contato com o centro regional de coordenação de voos".

Os países bálticos não possuem aviões aptos para patrulhamento aéreo. Por isso, desde abril de 2004 (após sua adesão à OTAN), a vigilância do espaço aéreo tem sido efetuada por aviões dos países-membros da Aliança Atlântica, em conformidade com o princípio de rotação.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas