Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Primeiro voo do Aero L-159T2

A Aero Vodochody realizou o primeiro voo do treinador a jato L-159T2 de dois lugares em 1º de agosto. O voo de 30 minutos foi conduzido pelos pilotos de testes da empresa Vladimír Kvarda e David Jahoda.
Poder Aéreo

A Força Aérea Tcheca encomendou três exemplares em 2016, que devem ser entregues até o final deste ano. As aeronaves L-159 são operadas pelas forças aéreas tcheca e iraquiana, pela empresa americana Draken International e, no passado, foram alugadas pela Força Aérea Húngara para treinamento de pilotos.

Estas novas aeronaves de assento duplo T2 têm uma fuselagem central e dianteira recém-construída e apresentam várias melhorias significativas, principalmente em equipamentos de cockpit e sistema de combustível, e são totalmente compatíveis com o NVG. Cada cockpit é equipado com duas telas multifuncionais e um assento de ejeção VS-20 atualizado. A aeronave também pode oferecer uma capacidade de reabastecimento sob pressão. O radar GRIFO, já em uso na versão de um único assento, a…

Cardume de drones subaquáticos é filmado em ação nos EUA (VÍDEO)

Foi publicado nos Estados Unidos um exercício coordenado de drones subaquáticos lançado por uma embarcação de apoio.


Sputnik

Um cardume de drones SwarmDiver norte-americanos realiza uma manobra debaixo d’água em perfeita coordenação em um vídeo publicado pela empresa Aquabotix. Segundo a assessoria de imprensa, os robôs podem agir como uma estrutura unificada.


Tripulação da Marinha dos EUA preparando drones, mar do Sulu, no sul das Filipinas, 4 de junho de 2007
Drones da US Navy © AFP 2018 / THERENCE KOH

O vídeo mostra como um grupo de drones foi projetado para monitorar o ambiente subaquático, coletar amostras necessárias no fundo do mar e retornar ao navio auxiliar.

Esta classe de dispositivos não foi projetada somente para finalidades civis. Na verdade, militares norte-americanos estão interessados em investir em equipamentos semelhantes que permita a redução de ameaças subaquáticas.

Esses drones são robôs que podem ajudar e, eventualmente, substituir mergulhadores quando é necessário trabalhar em locais perigosos, na vigilância de portos e bases etc.

Os robôs SwarmDiver, que são modulares e equipados com sensores, podem realizar mergulhos de até 50 metros de profundidade e operar por 2,5 horas, tempo estimado de duração de suas baterias.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas