Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

General brasileiro em forças dos EUA atrapalha laços com Moscou e Pequim, diz especialista

A decisão do Brasil de enviar um oficial para integrar as Forças Armadas dos Estados Unidos deve atrapalhar as relações do país com importantes aliados, como China e Rússia. A avaliação é do especialista em Relações Internacionais Paulo Velasco, que conversou nesta segunda-feira com a Sputnik sobre esse polêmico assunto.
Sputnik

Na última semana, se tornou pública no Brasil a notícia de que o país indicará, até o final do ano, um general para assumir um posto no Comando Sul (SouthCom) dos EUA, que cobre América Central, Caribe e América do Sul, provocando controvérsias.


De acordo com o comandante responsável, o almirante Craig Faller, os interesses norte-americanos na região seriam ameaçados por Rússia, China, Irã, Venezuela, Cuba e Nicarágua, países com os quais o Brasil poderá ter relações prejudicadas por conta dessa situação, conforme acredita Velasco, professor adjunto de Política Internacional do Departamento de Relações Internacionais da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (U…

CIAMA da Marinha do Brasil apresenta simulador de periscópio

Centro de Instrução Almirante Áttila Monteiro Aché realiza demonstração do Sistema de Simulação de Periscópio


Poder Aéreo

No dia 26 de março, o Centro de Instrução Almirante Áttila Monteiro Aché (CIAMA) realizou demonstração do Sistema de Simulação de Periscópio (SimPer), nas instalações do Centro de Treinamento Tático (CTT).

Almirante de Esquadra Alfredo Karam participa de demonstração do SimPer
Almirante de Esquadra Alfredo Karam, de 93 anos, participa de demonstração do SimPer

Empregando em seu escopo tecnologia 100% nacional, o SimPer é uma moderna ferramenta de instrução e adestramento. O sistema é composto por uma interface integrada ao novo Sistema de Combate AN/BYG-501, que lança o torpedo MK-48, dos Submarinos da Classe “Tupi” e “Tikuna”, possibilitando a simulação de cenários táticos complexos tanto em termos de ameaças, quanto de características ambientais.

Após um ano e cinco meses de trabalho iniciados em janeiro de 2017, e com investimento bem inferior quando comparado à proposta de empresa estrangeira, o simulador foi o resultado de uma parceria de sucesso entre o Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), o Grupo de Sistemas Digitais do Instituto de Pesquisas da Marinha (IPqM), da Divisão de Modelagem e Simulação do Centro de Análises de Sistemas Navais (Casnav) e do Comando da Força de Submarinos.

A apresentação foi conduzida pelo Diretor-Geral de Desenvolvimento Nuclear e Tecnológico da Marinha, Almirante de Esquadra Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Junior e contou com as presenças do ex-ministro da Marinha, Almirante de Esquadra Alfredo Karam, que na ocasião comemorava 93 anos, do Diretor-Geral do Pessoal da Marinha, Almirante de Esquadra Celso Luiz Nazareth, do Comandante em Chefe da Esquadra, Vice-Almirante Alipio Jorge Rodrigues da Silva, do ex-Diretor do Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro, Vice-Almirante Alfredo Martins Muradas, e do Comandante da Força de Submarinos, Contra-Almirante Alan Guimarães Azevedo.

FONTE: Marinha do Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas