Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Fuzileiros Navais do Brasil e dos EUA ratificam acordo de cooperação

Diálogo conversou com o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil (MB) Nélio de Almeida para conhecer detalhes dessa parceria
Por Marcos Ommati | Diálogo Américas | Poder Naval

Criar mais oportunidades de intercâmbio de conhecimento e treinamento combinado entre os Fuzileiros Navais do Brasil e dos Estados Unidos. Este é o objetivo principal de um plano de cinco anos ratificado em fevereiro de 2019 entre os representantes de ambas as forças, o Contra-Almirante (FN) da Marinha do Brasil Nélio de Almeida, comandante do Desenvolvimento Doutrinário do Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) do Brasil e presidente nacional da Associação de Veteranos desta força, e o Contra-Almirante Michael F. Fahey III, comandante do Corpo de Fuzileiros Navais Sul dos EUA (MARFORSOUTH, em inglês). O C Alte Nélio recebeu Diálogo em seu escritório na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, para dar detalhes do acordo e conversar sobre outros temas de interesse das marinhas do Brasil e de outros países da região e dos E…

Defesa russa: estão criadas todas as condições para restauração do Estado sírio

Todas as condições já foram criadas para a restauração da Síria como Estado unificado e integral, afirmou nesta terça-feira o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu.


Sputnik

"Atualmente, todas as condições foram criadas para o renascimento da Síria como um estado unificado e integral. Mas, para atingir esse objetivo, é necessário que não apenas a Rússia faça esforços, mas também outros membros da comunidade mundial", disse Shoigu durante reunião dos ministros da Defesa da Organização para Cooperação de Xangai (OCX). "Contamos com o apoio dos membros da OCX", acrescentou.


Ministro da Defesa russo Sergei Shoigu
Ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu © Sputnik / Grigory Sysoev

De acordo com o ministro russo, após a derrota do grupo terrorista Daesh na Síria e no Iraque, seus militantes decidiram migrar para outras regiões, como Ásia Central e Sudeste Asiático.

"Novas células terroristas estão sendo criadas lá", afirmou Shoigu. "A situação é complicada pelo fato de os terroristas usarem meios modernos de destruição, incluindo veículos aéreos não tripulados, capazes de operar a uma distância de 100 quilômetros. Sua criação é impossível sem a assistência técnica de países desenvolvidos".

Comentários

NOTÍCIAS MAIS LIDAS

Postagens mais visitadas