Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

Israel prende o governador palestino de Jerusalém

Motivo da detenção foram crimes cometidos na Cisjordânia ocupada, segundo a Organização para a Libertação da Palestina.
France Presse

Israel prendeu o governador palestino de Jerusalém por crimes que teria cometido na Cisjordânia ocupada, que não foram especificados, informou a Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

O governador Adnan Gheith foi detido no sábado (20) à noite no bairro palestino de Beit Hanina, em Jerusalém Oriental, ocupada e anexada por Israel. Será apresentado a um tribunal dentro de quatro dias, afirma a OLP em um comunicado.

Para o dirigente da OLP Saeb Erakat, a detenção é "um novo passo contra a presença palestina em Jerusalém" e constitui uma violação da legislação israelense a respeito das instituições palestinas da cidade.

"As ameaças contra dirigentes palestinos, sua detenção, inclusive o 'sequestro' do governador Gheith, são parte de um plano que pretende sufocar todas as bases de uma solução política com dois Estados e com as f…

Diplomacia saudita: Qatar deve enviar tropas à Síria para manter proteção dos EUA

O chanceler da Arábia Saudita, Adil al-Jubair, declarou nesta terça-feira que o Qatar deveria enviar suas tropas para a Síria se não quiser perder o apoio militar norte-americano.


Sputnik

"O Qatar tem que pagar pela presença das tropas dos EUA na Síria e deve enviar tropas para a Síria antes do presidente dos EUA se recusar a fornecer proteção dos EUA ao Qatar", disse o ministro. 


Forças Armadas da Arábia Saudita e unidades das Forças Especiais do Exército do Paquistão participam dos exercícios militares conjuntos Al-Samsam 5, no sudoeste da Arábia Saudita
Tropas da Arábia Saudita e do Paquistão em exercício militar © AP Photo / SPA

Ele observou que, se os EUA deixarem de garantir a segurança do Qatar, o regime neste país será derrubado em menos de uma semana.

Anteriormente, foi divulgada na mídia que Washington já contatou a Arábia saudita, Qatar e Emirados Árabes Unidos pedindo que prestem financiamento para recuperar o norte da Síria e enviem seus militares à região.

Segundo os relatos, a iniciativa tem por objetivo evitar um "vazio na área de segurança" na Síria que possa estimular os terroristas do Daesh a voltarem à região.

As relações entre o Qatar e vários países da região se agravaram significativamente em junho de 2017, quando a Arábia Saudita, o Bahrein, o Egito e vários outros países romperam as relações diplomáticas com o Qatar, acusando-o de patrocinar o terrorismo e de minar a estabilidade regional.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas